DOENÇAS E AGRAVOS NO CONTEXTO DAS GRANDES INUNDAÇÕES GRADUAIS NO ESTADO DO AMAZONAS - BRASIL

Autores

  • Renato Ferreira de Souza Fundação de Vigilância em Saúde
  • Sigride Lopes do Nascimento Programa de Apoio à Iniciação Científica

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia132611

Resumo

Esse trabalho apresenta o comportamento de doenças e agravos e possível nexo de causalidade com o regime hídrico no estado do Amazonas. Considerando que os rios amazonenses alcançam todo ano suas cotas fluviométricas de inundação no primeiro semestre, o estudo feito a partir de uma série histórica de 2005 a 2016, tem como objetivo identificar os municípios mais vulneráveis ao aumento da incidência de casos notificados de doenças e agravos associados às grandes inundações graduais. A proposta metodológica para identificar o padrão de comportamento das doenças e agravos consiste em analisar os dados por quadriênios obtidos no Sistema Nacional de Agravos Notificados (SINAN) e Sistema de Vigilância Epidemiológica (SIVEP Malária) de leptospirose, de doenças diarreicas agudas, de malária e de acidentes por animais peçonhentos. Foi utilizado o software MapInfo 12 para elaboração dos mapas de incidências das doenças e agravos. Os resultados obtidos demonstram que leptospirose e acidentes por animais peçonhentos possuem incidência com maior número de casos no primeiro semestre, associados, portanto, com o período das inundações graduais. As doenças diarréicas apesarem de terem um comportamento parecido nos dois semestres do ano, apresentaram mais casos no segundo semestre com tendência de diminuição. A malária apresentou maior incidência no segundo semestre. Conclui-se que a baixa incidência de leptospirose pode está relacionada com subnotificações. A malária apesar de não ser uma doença diretamente associada com inundações, merece ser analisada, pois as populações em área de alta incidência podem migrar para outras áreas e contribuir para a difusão da doença. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-07

Como Citar

FERREIRA DE SOUZA, R.; LOPES DO NASCIMENTO, S. DOENÇAS E AGRAVOS NO CONTEXTO DAS GRANDES INUNDAÇÕES GRADUAIS NO ESTADO DO AMAZONAS - BRASIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 13, n. 26, p. 139–147, 2017. DOI: 10.14393/Hygeia132611. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/39732. Acesso em: 23 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos