O ESTUDO DA INFLUÊNCIA DO RITMO CLIMÁTICO NO AGRAVAMENTO DE DOENÇAS CIRCULATÓRIAS EM ITUIUTABA - MG

Autores

  • Emmeline Aparecida Silva Severino Universidade Federal de Uberlândia
  • Rildo Aparecido Costa

Palavras-chave:

Climatologia Médica. Ritmo Climático. Doenças Circulatórias

Resumo

A presente pesquisa objetivou analisar a relação entre os casos de internações por Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o ritmo climático no município de Ituiutaba, MG. Para isto, realizou-se a coleta de dados climáticos em escala horária da estação meteorológica do município, no período de 2007 a 2014. Os dados de internações por AVC foram cedidos pela Secretaria Municipal de Saúde, em escala diária. O mês de agosto foi escolhido por ter sido impactante para a população e ter combinações atmosféricas que podem levar ao agravamento de doenças circulatórias. A análise dos resultados permitiu verificar o ritmo das variáveis climáticas do mês de agosto de 2013, influenciando nas internações dos indivíduos acometidos por AVC. A abordagem rítmica e dinâmica do clima, introduzida pela Climatologia Geográfica Brasileira, é de suma importância para o entendimento da relação dos fenômenos atmosféricos com as doenças dos indivíduos, tornando-se o maior desafio da Climatologia Médica atualmente. Deste modo, verifica-se a necessidade do desenvolvimento de trabalhos nesta área, para que seja possível elaborar políticas públicas eficientes, minimizando os impactos do clima no cotidiano da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-16

Como Citar

SEVERINO, E. A. S.; COSTA, R. A. O ESTUDO DA INFLUÊNCIA DO RITMO CLIMÁTICO NO AGRAVAMENTO DE DOENÇAS CIRCULATÓRIAS EM ITUIUTABA - MG. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 12, n. 23, p. 11–19, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/35200. Acesso em: 23 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos