INFLUÊNCIA DA SAZONALIDADE NA QUALIDADE DA ÁGUA BRUTA NO MUNICÍPIO DE ITUIUTABA - MG

Autores

  • Lisiane da Silva Mendes Universidade Federal de Uberlândia
  • Isaura Maria Ferreira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro - IFTM.

Palavras-chave:

Turbidez. pH. Escherichia coli. Tratamento.

Resumo

A água destinada ao consumo humano deve preencher condições mínimas para que possa ser ingerida ou utilizada para fins higiênicos. Para tanto, seus parâmetros físicos, químicos e biológicos devem seguir os valores estipulados pela Portaria 2914 do Ministério da Saúde de 2011. Objetivou-se avaliar a influência da sazonalidade na qualidade físico e química e microbiológica da água bruta em Ituiutaba-MG. Os dados de turbidez, cor aparente, pH e E. coli da água bruta foram coletados na Superintendência de Ãgua e Esgoto de Ituiutaba - MG (SAE). Aos resultados foram aplicados testes estatísticos onde se constata correlação moderada e direta entre a precipitação e os parâmetros: turbidez, cor aparente e Escherichia Coli e moderada e inversa entre a precipitação e o pH. Os testes estatísticos de Wilcoxon e Teste-t, mostraram que houve diferença significativa para todos os parâmetros de qualidade da água avaliados entre o período seco e chuvoso e também para precipitação, exceto para E. coli. Isso mostra que os parâmetros avaliados são influenciados pela sazonalidade e que o método de tratamento convencional adotado pela estação de tratamento se mostra adequado frente às variações sazonais dos parâmetros. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-17

Como Citar

DA SILVA MENDES, L.; MARIA FERREIRA, I. INFLUÊNCIA DA SAZONALIDADE NA QUALIDADE DA ÁGUA BRUTA NO MUNICÍPIO DE ITUIUTABA - MG. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 10, n. 19, p. 97–105, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/27633. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos