SENSIBILIZAÇÃO DA POPULAÇÃO DE USUÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO DE UBERLÂNDIA, MINAS GERAIS, PARA A PERCEPÇÃO DOS IMPACTOS E RISCOS GERADOS PELAS EMISSÕES VEICULARES

Autores

  • Paolla Brandão Da Cunha Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Departamento de Saúde Ambiental
  • Adonys Pereira Costa Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Departamento de Saúde Ambiental
  • Guilherme Gomes Silva Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Medicina, Departamento de Enfermagem
  • Fernanda Fernandes dos Santos Rodrigues Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Educação
  • Boscolli Barbosa Pereira Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Departamento de Saúde Ambiental

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Poluição atmosférica, Percepção pública

Resumo

O presente estudo buscou identificar as percepções de usuários do transporte coletivo de Uberlândia quanto aos impactos e riscos ambientais gerados pelas emissões veiculares, e analisar a influência de informações sobre a qualidade do ar no centro de Uberlândia, Minas Gerais, na sensibilização da população para a questão da saúde ambiental de populações expostas à poluição atmosférica. O levantamento de informações deu-se por meio da aplicação de questionário e realização de entrevistas semiestruturadas com 106 usuários do transporte coletivo de Uberlândia, Minas Gerais. Para interpretação dos dados obtidos foi utilizada a metodologia de análise de conteúdo proposta por Bardin. Para avaliação da influência das informações apresentadas em relação às percepções dos participantes da pesquisa foi realizado o Teste de McNemar para frequências correlacionadas. A apresentação de informações acerca dos impactos da poluição no ambiente e a avaliação das emissões de fumaça preta de ônibus que passaram pelo terminal, utilizando a Escala Ringelmann, realizada pelos próprios sujeitos da pesquisa exerceu influência significativa na percepção ambiental dos usuários do transporte coletivo. Os resultados obtidos enfatizam a importância da realização de ações educativas emancipadoras, como fator primordial dos processos de gestão participativa, empoderamento da população e promoção da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-07-27

Como Citar

DA CUNHA, P. B.; COSTA, A. P.; SILVA, G. G.; RODRIGUES, F. F. dos S.; PEREIRA, B. B. SENSIBILIZAÇÃO DA POPULAÇÃO DE USUÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO DE UBERLÂNDIA, MINAS GERAIS, PARA A PERCEPÇÃO DOS IMPACTOS E RISCOS GERADOS PELAS EMISSÕES VEICULARES. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 11, n. 20, p. 45–52, 2015. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/27435. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos