CENÁRIO DA REDE DE SAÚDE NO NORTE DE MINAS GERAIS

Autores

  • Sandra Célia Muniz Magalhães
  • Samuel do Carmo Lima Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

Como em diversas regiões do mundo, no Norte de Minas Gerais contraditoriamente convive-se com a pobreza e a riqueza às vezes muito próximas, seja ela econômica, social ou ambiental. Sendo assim, entende-se que seja necessário analisar os serviços básicos da região, especialmente os serviços de saúde para subsidiar políticas públicas como possibilidade de melhoria das condições de vida da população e consequentemente a diminuição das disparidades na região. Dessa forma, o objetivo desse artigo é discutir a rede de saúde do Norte de Minas Gerais.A metodologia utilizada consistiu em levantamento bibliográfico e documental e observação in loco. Conclui-se que apesar dos avanços observados nas últimas décadas, o município na atualidade enfrenta grandes desafios, tanto pela falta de recursos humanos qualificados e suficientes, quanto pela estrutura física deficiente que já não comporta a quantidade de serviços demandados, apresentando já um stress nos atendimentos. A média complexidade também depende de atenção, já que algumas microrregiões não têm respondido as necessidades da população dessa região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-21

Como Citar

MAGALHÃES, S. C. M.; LIMA, S. do C. CENÁRIO DA REDE DE SAÚDE NO NORTE DE MINAS GERAIS. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 8, n. 15, 2012. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/19880. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos