ANÁLISE ESPACIAL DA PREMATURIDADE, BAIXO PESO AO NASCER E ÓBITOS INFANTIS EM UBERLANDIA-MG

Autores

  • Andréa dos Santos Vieira UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL
  • Paulo Cezar Mendes UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

Palavras-chave:

Mortes evitáveis, saúde pública, mortalidade infantil.

Resumo

As mortes consideradas evitáveis são as que poderiam ser prevenidas, total ou parcialmente, por ações efetivas dos serviços de saúde, que estejam acessíveis em um determinado local e época. Este texto analisa espacialmente a deficiência de peso ao nascer, a prematuridade e o coeficiente dos óbitos infantis, em Uberlândia-MG, a partir do georreferenciamento dos dados do Sistema de Mortalidade Infantil - SIM. Foram classificados e analisados os bairros de maior ocorrência de internação e também, sistematizado as informações destinadas ao planejamento de ações voltadas a redução dos óbitos infantis evitáveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa dos Santos Vieira, UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

Mestranda

Paulo Cezar Mendes, UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

Professor Doutor

Downloads

Publicado

2012-12-21

Como Citar

VIEIRA, A. dos S.; MENDES, P. C. ANÁLISE ESPACIAL DA PREMATURIDADE, BAIXO PESO AO NASCER E ÓBITOS INFANTIS EM UBERLANDIA-MG. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 8, n. 15, 2012. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/17905. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos