INFLUÊNCIA DOS FATORES ABIÓTICOS SOBRE CASOS DE ACIDENTES PROVOCADOS POR LONOMIA OBLIQUA

Autores

  • Geni Portela Gamborgi Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECO. Chapecó, Santa Catarina, Brasil
  • Alessandra M. Coelho UNOCHAPEC
  • Danilo Salandini Rossetto UNOCHAPEC
  • Maria Assunta Busato

Palavras-chave:

Envenenamento por lagarta, Temperatura, Pluviometria, Lonomia obliqua

Resumo

O objetivo deste estudo é relacionar a influência de fatores climáticos observados na região oeste do Estado de Santa Catarina com a ocorrência dos acidentes provocados pela lagarta da espécie Lonomia obliqua. Os dados meteorológicos basearam-se em informações da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, referentes ao período entre 1999 e 2009 e os dados acerca da incidência dos acidentes, que tiveram como fonte a 10ª Regional de Saúde de Chapecó (SC), em seu Sistema de Informação de Agravos de Notificação. O número de acidentes ocorridos naquele período foi de 260, na região que envolve 37 municípios. A maior frequência ocorreu nos meses de primavera e verão, períodos que coincidem com as maiores temperaturas, cuja variação foi de 21°C a 34,6°C. A precipitação oscilou entre 138,6mm3 e 190mm3. Fatores climáticos interferem na biologia da Lonomia obliqua, possibilitando o aumento dos acidentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geni Portela Gamborgi, Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECO. Chapecó, Santa Catarina, Brasil

Farmacêutica pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECO. Chapecó, Santa Catarina, Brasil

Alessandra M. Coelho, UNOCHAPEC

Farmacêutica pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECO. Chapecó, Santa Catarina, Brasil

Danilo Salandini Rossetto, UNOCHAPEC

Médico pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECO. Chapecó, Santa Catarina, Brasil.

Maria Assunta Busato

Doutora pela Universidade de Barcelona. Docente da Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPECO. Chapecó, Santa Catarina, Brasil.

Downloads

Publicado

2012-06-06

Como Citar

GAMBORGI, G. P.; COELHO, A. M.; ROSSETTO, D. S.; BUSATO, M. A. INFLUÊNCIA DOS FATORES ABIÓTICOS SOBRE CASOS DE ACIDENTES PROVOCADOS POR LONOMIA OBLIQUA. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 8, n. 14, p. 201–208, 2012. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/17087. Acesso em: 19 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos