SAÚDE URBANA NO EIXO MANAUS - IRANDUBA: UM ESTUDO SOBRE O PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS FEIRANTES DE IRANDUBA - AM

Autores

  • Marina Lelis Ribeiro UFAM
  • Tatiana Schor UFAM

Palavras-chave:

Geografia da Saúde, Perfil epidemiológico, Região Metropolitana de Manaus, Iranduba, Amazonas.

Resumo

O perfil epidemiológico dos municípios no Amazonas, em especial na calha do rio Solimões é influenciado pela estrutura da rede urbana devido à centralização dos serviços de saúde, a distância física, a geohistória da rede urbana e meio fisico-biótico-climático. Partindo desta hipótese, este artigo visa compreender a geografia da saúde na Região Metropolitana de Manaus - RMM, com ênfase ao eixo Manaus-Iranduba, considerando as condições epidemiológicas dos feirantes da cidade de Iranduba e da vila de Cacau Pireira. O perfil epidemiológico dos feirantes demonstra baixos níveis de escolaridade, renda e condições de moradia. Tanto as condições de trabalho quanto de moradia mostram uma carência em saneamento básico e a falta de água potável para consumo, acarretando principalmente em doenças de veiculação hídrica. Iranduba necessita de mais investimentos públicos em infraestrutura na área de saúde, uma vez que o hospital não atende com qualidade a população do município. A inserção de Iranduba na RMM pode atrair mais recursos melhorando em alguns aspectos o atendimento à saúde nos hospitais públicos do município. Ações preventivas de baixo custo visando manter a população informada a respeito de doenças que são facilmente evitadas podem melhorar a qualidade de vida dos moradores de Iranduba.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Lelis Ribeiro, UFAM

Graduanda em Geografia pela Universidade Federal do Amazonas e Membro colaborador pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas das Cidades na Amazônia Brasileira - NEPECAB.

Tatiana Schor, UFAM

Graduada em Economia pela Universidade de São Paulo, com mestrado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo e doutorado em Ciência Ambiental pela Universidade de São Paulo com pós-doutorado no Center for Place, Culture and Politics, Graduate Center, CUNY-USA. Professora Adjunta no Departamento de Geografia da Universidade Federal do Amazonas; Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas das Cidades da Amazônia Brasileira

Downloads

Publicado

2011-12-20

Como Citar

RIBEIRO, M. L.; SCHOR, T. SAÚDE URBANA NO EIXO MANAUS - IRANDUBA: UM ESTUDO SOBRE O PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS FEIRANTES DE IRANDUBA - AM. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 7, n. 13, 2011. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/17069. Acesso em: 26 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos