AS CAMPANHAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E SUAS IMPLICAÇÕES NAS RELAÇÕES SÓCIOESPACIAIS ENTRE FUMANTES E NÃO FUMANTES NO ESPAÇO PÚBLICO

Autores

  • Camilo Darsie de Souza Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Palavras-chave:

Promoção da Saúde, Fumantes, Espaço Público, Fronteiras Identitárias, Microterritorialidades Urbanas.

Resumo

Contemporaneamente, é grande o investimento em campanhas de promoção da saúde relacionadas ao tabagismo. Tais campanhas são pensadas e elaboradas a partir dos preceitos da saúde e buscam educar a população no que se refere aos males provocados pelo cigarro para que, como conseqüência disso, haja uma diminuição significativa no que se refere ao número de fumantes. No entanto, algumas das estratégias midiáticas utilizadas por essas campanhas de combate ao fumo consistem em apresentar/representar fumantes oportunizando assim uma virada cultural no que se refere aos discursos relacionados aos sujeitos que fumam, fato que cria efeitos que vão além das estatísticas. O texto que segue argumenta que, a partir disso, é possível se observar nos espaços públicos, relações de poder emergentes que fazem com que aconteçam distribuições sócioespaciais estabelecidas a partir de fronteiras identitárias relacionadas ao uso do cigarro. Assim, a análise apresentada aqui, se inscreve no escopo dos Estudos Culturais, como forma de dar conta de articular conhecimentos das áreas da Geografia, da Saúde e da Comunicação com o objetivo de discutir as microterritorialidades urbanas criadas/fortalecidas pelos discursos da promoção da saúde pautados nas noções de risco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camilo Darsie de Souza, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Doutorando da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Possui Graduação em Geografia pela Universidade Luterana do Brasil (2003) e Mestrado em Educação pela Universidade Luterana do Brasil (2006). Atualmente é professor convidado da Universidade Luterana do Brasil, professor convidado do Centro Universitário La Salle. Aluno pesquisador da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem experiência nas áreas de Geografia e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação em Saúde, Geografia Humana.

Downloads

Publicado

2011-07-05

Como Citar

SOUZA, C. D. de. AS CAMPANHAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E SUAS IMPLICAÇÕES NAS RELAÇÕES SÓCIOESPACIAIS ENTRE FUMANTES E NÃO FUMANTES NO ESPAÇO PÚBLICO. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 7, n. 12, 2011. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/17020. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos