PAISAGEM SONORA: UMA PROPOSTA DE ANÁLISE GEOGRÁFICA

Autores

  • Ademir Batista Castorino Instituto de Estudos Socio Ambientais - IESA - UFG
  • Eguimar Felício Chaveiro Instituto de Estudos Sócio Ambientais - IESA-UFG
  • Juliana Ramalho Barros Instituto de Estudos Sócio Ambientais - IESA-UFG

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia717000

Palavras-chave:

Geografia, método, paisagem

Resumo

O desenvolvimento do projeto Paisagem Sonora e Qualidade Ambiental: uma análise das implicações da poluição sonora na saúde dos trabalhadores dos Shoppings Center's da cidade de Goiânia-GO, no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás - UFG, requereu a elaboração de um artigo para apresentar, discutir e defender o método mais adequado para guiar a pesquisa de mestrado. O Método Indutivo foi o método escolhido para a realização da pesquisa e a metodologia engloba: a) a análise espacial da paisagem; b) o estudo quantitativo-comparativo; e c) o estudo de caso. Dentro dessa abordagem, a pesquisa objetiva responder: a) como se configura o arranjo espacial dos Shoppings Center's na cidade de Goiânia; b) quais as principais fontes de ruído que compõem a paisagem sonora destes estabelecimentos; e c) os trabalhadores dos Shoppings Center's da cidade de Goiânia já sentem os efeitos do ruído? O Método Indutivo é o mais indicado, pois permite que, a partir das semelhanças comprovadas entre dois ou mais seres, objetos ou fenômenos, possa-se concluir por semelhanças não-comprovadas. Dessa forma, entende-se que o Método Indutivo associado a uma Análise Geográfica é adequado para a análise dos impactos ambientais causados pela dimensão sonora da paisagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ademir Batista Castorino, Instituto de Estudos Socio Ambientais - IESA - UFG

Geógrafo, mestrando em Geografia pela Universidade Federal de Goiás - UFG

Eguimar Felício Chaveiro, Instituto de Estudos Sócio Ambientais - IESA-UFG

Doutor em Geografia e professor do IESA-UFG

Juliana Ramalho Barros, Instituto de Estudos Sócio Ambientais - IESA-UFG

Doutora em Geografia e professora do IESA-UFG

Downloads

Publicado

05-07-2011

Como Citar

CASTORINO, A. B.; CHAVEIRO, E. F.; BARROS, J. R. PAISAGEM SONORA: UMA PROPOSTA DE ANÁLISE GEOGRÁFICA. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 7, n. 12, p. 46–54, 2011. DOI: 10.14393/Hygeia717000. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/17000. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos