A espacialização das doenças respiratórias: um modelo do Estado de São Paulo, Brasil / THE SPATIALIZATION OF THE RESPIRATORY DISEASES: A MODEL OF SÃO PAULO STATE, BRAZIL

Autores

  • Camila Grosso Souza Doutoranda em Geograifa pela UNESP PP, Bolsista CNPq
  • Pacelli Henrique Martins Teodoro Mestrando em Geograifa pela UNESP PP, Bolsista Fapesp

Palavras-chave:

doenças respiratórias, modelo, Estado de São Paulo

Resumo

O trabalho possui como objetivo a espacialização das doenças respiratórias no Estado de São Paulo, assim como a elaboração de um modelo representativo que envolva as variáveis da temática proposta. Para a espacialização, foram utilizados os dados de população, publicados no Censo 2000, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e os dados mensais de incidência de casos de internação por doenças respiratórias, do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), do ano de 2001. Já para a modelização, as variáveis foram obtidas por meio dos referidos dados, do DATASUS, de 2000 a 2008; do relatório anual, do Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPE), de 2008; dos mapas da expansão da cultura da cana-de-açúcar, da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), de 2007; das imagens de satélite do monitoramento de focos de queimada, do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), além da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), de 2000 a 2008; e dos dados do trabalho desenvolvido por Monteiro (1973) e Aires e Kirchhoff (2001). Concluiu-se que, na espacialização, a concentração se dá na região Noroeste, Central e parte do Oeste paulista, em especial nas estações de outono e de primavera; enquanto na modelização, o exemplo representado é uma forma simplificada de visualizar e entender os processos geográficos de benefício ao trabalho, junto às variáveis favoráveis para a temática, que demonstraram uma contribuição significativa para a incidência e o agravo das doenças respiratórias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-02-02

Como Citar

SOUZA, C. G.; TEODORO, P. H. M. A espacialização das doenças respiratórias: um modelo do Estado de São Paulo, Brasil / THE SPATIALIZATION OF THE RESPIRATORY DISEASES: A MODEL OF SÃO PAULO STATE, BRAZIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 5, n. 9, 2010. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/16952. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos