Geografia Médica ou da Saúde / MEDICAL GEOGRAPHY AND GEOGRAPHY OF HEALTH

Autores

  • Renata Dias Renata Dias Dias Junqueira UFG

Palavras-chave:

Geografia da Saúde, Geografia Médica, Teoria dos Miasmas.

Resumo

Resumo Desde o início de sua história o homem sempre procurou entender como ocorrem as doenças. Nessa perspectiva já na antiguidade Hipócrates relacionou a propagação das doenças ao ambiente habitado pelo homem. Com o advento das políticas imperialistas do século XVII e XVIII a Geografia foi utilizada como instrumento de conquista. Essa mesma análise pode ser feita para a Geografia Médica, pois seu maior desenvolvimento ocorreu com a penetração dos países imperialistas nos trópicos, como se pode observar nos Atlas de Geografia Médica produzidos nessa época, com informações preventivas a serem tomadas pelos exércitos europeus em caso de ocupação militar dos territórios insalubres do mundo tropical. Com um caráter informativo a Geografia Médica é caracterizada pela elaboração de mapas que representam a espacialização das diversas doenças, não contendo uma análise aprofundada de suas causas. Foi somente no século XIX que as mudanças políticas e sociais iram requerer da Geografia uma contribuição mais profunda na relação saúde e doença. Com o intuito de responder a essa necessidade nasce em 1976, em Moscou, a Geografia da Saúde. Com uma visão abrangente a Geografia da Saúde irá receber influencia de Grandes autores da Geografia como Milton Santos. Portanto, atualmente essa linha de pesquisa tem chamado a atenção de vários geógrafos e contribuído para uma análise da saúde à partir de um olhar geográfico. Palavras-Chave: Geografia da Saúde, Geografia Médica, Teoria dos Miasmas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Dias Renata Dias Dias Junqueira, UFG

Mestranda que se interessa pelas discuções relacionadas a Geografia da Saúde

Downloads

Publicado

2009-10-04

Como Citar

DIAS JUNQUEIRA, R. D. R. D. Geografia Médica ou da Saúde / MEDICAL GEOGRAPHY AND GEOGRAPHY OF HEALTH. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 5, n. 8, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/16931. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos