Febre amarela silvestre no Brasil: um desafio nos últimos anos - YELLOW FEVER IN BRAZIL: A CHALLENGE IN RECENT YEARS

Autores

  • Thiago Vinicius Neves de Menezes Sisley Neves de Menezes e Ailton Lopes de Menezes
  • Sirlene de F. Pereira Enfermeira, Ministério da Saúde/Secrvetaria de Vigilância de Saúde/DEVEP
  • Zouraide Guerra Antunes Costa

Palavras-chave:

Febre amarela silvestre, Epidemias, Destruição ambiental

Resumo

A febre amarela silvestre é uma doença infecciosa viral aguda, de curta duração cujo agente etiológico é um Flavivírus presente principalmente entre os primatas não-humanos que são os principais hospedeiros do vírus amarílico. O desmatamento causa desequilíbrio na interação entre patógeno e seu ambiente, proporciona a proliferação de vetores e parasitas e cria oportunidade para as epidemias. Este estudo teve por base a análise de dados de morbimortalidade por febre amarela, dados de vacinação no Brasil e levantamento de destruição ambiental na área em questão, ambos disponibilizados pela Secretaria de Vigilância em Saúde/MS, além de conhecimento das estratégias de controle adotadas nas três instâncias da saúde focando principalmente nas medidas de preservação do meio ambiente local visando a saúde da população diante casos de febre amarela silvestre. Até o momento, o ministério registrou 57 notificações de casos suspeitos de febre amarela. Os prováveis locais de infecção dos casos confirmados ocorreram em regiões silvestres de Goiás 61% (19), Mato Grosso do Sul 19% (6), Distrito Federal 13% (4) e Mato Grosso 7% (2). As previsões de que a medicina erradicaria essas doenças não se confirmaram em função das alterações dos ambientes naturais. É preciso que a sociedade se conscientize a respeito dos seus deveres para com meio ambiente de sua cidade e do mundo e comece a tomar medidas profiláticas contra esta doença imunoprevenível de alta letalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Vinicius Neves de Menezes, Sisley Neves de Menezes e Ailton Lopes de Menezes

Graduando de Ciências Farmacêuticas - Anhanguera /Faculdade JK

Sirlene de F. Pereira, Enfermeira, Ministério da Saúde/Secrvetaria de Vigilância de Saúde/DEVEP

Enfermeira, Ministério da Saúde/Secrvetaria de Vigilância de Saúde/DEVEP

Zouraide Guerra Antunes Costa

Médica, Ministério da Saúde/Secrvetaria de Vigilância de Saúde/DEVEP

Downloads

Publicado

2009-02-27

Como Citar

MENEZES, T. V. N. de; PEREIRA, S. de F.; COSTA, Z. G. A. Febre amarela silvestre no Brasil: um desafio nos últimos anos - YELLOW FEVER IN BRAZIL: A CHALLENGE IN RECENT YEARS. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 4, n. 7, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/16912. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos