MORTALIDADE POR CAUSAS EXTERNAS EM UBERLÂNDIA (MG) DE 1980 A 2000 / Mortality due external causes in Uberlândia (MG) from 1980 to 2000

Autores

  • Julio Cesar Lima Ramires membro conselho editorial
  • Marcia Andreia Ferreira Santos autor

Palavras-chave:

Mortalidade, causas externas, violência, Uberlândia

Resumo

Este estudo tem por objetivo caracterizar a nagnitude e tendência da mortalidade por causas externas no município de Uberlândia entre 1980 - 2000, com destaque para as variáveis sexo, idade e tipo de causa externa. Os dados foram obtidos a partir do banco de dados do DATASUS - Departamento de Informação do Sistema Único de Saúde. O resultado mostrou que a maioria das mortes por causas externas no referido período foi registrada para jovens do sexo masculino. A partir da década de 1990 observa-se um aumento dos homicídios e acidentes de trânsito. Aponta-se que os programas de prevenção deve dar destaque para essas duas morbimortalidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julio Cesar Lima Ramires, membro conselho editorial

Professor doutor do Instituto de Geografia. Membro da Rede de Pesquisadores sobre Cidades Médias - PROSUL/CNPQ. Membro do projeto de pesquisa sobre a Epidemiologia dos acidentes de trãnsito em Uberlândia - CNPQ. Possui diversos trabalhos públicados sobre a temática da saúde.

Marcia Andreia Ferreira Santos, autor

Mestre em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFU. Possui vários trabalhos publicados sobre a temática.

Downloads

Publicado

2006-05-29

Como Citar

RAMIRES, J. C. L.; SANTOS, M. A. F. MORTALIDADE POR CAUSAS EXTERNAS EM UBERLÂNDIA (MG) DE 1980 A 2000 / Mortality due external causes in Uberlândia (MG) from 1980 to 2000. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 2, n. 2, 2006. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/16849. Acesso em: 14 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos