Cities, Rivers and Urban network in the Brazilian Amazon.

Autores

  • Tatiana Schor Universidade Federal do Amazonas
  • Rogério Ribeiro MARINHO Pesquisador NEPECAB
  • Danielle Pereira da Costa UEA/Manaus e SIPAM
  • José Aldemir de Oliveira Universidade Federal do Amazonas, Departamento de Geografia

Resumo

One important axis of analysis has been missing in the studies on the urbanization of the Brazilian Amazon: the western section. In order to understand the urbanization process in this area a methodology was established and the urban network along the rivers Solimões-Amazon analysed. This methodology is based on the analysis of institutional frameworks such as demographic data, education, health, food prices, housing prices, public finance and security, products extracted from the forest and other relevant data. A city typology, that takes into consideration the relationship inter and intra-city, was created permitting new approaches to the understanding of the urban processes in the area. This paper will present the methodology of the research; the results obtained from field work; the typology proposed and discusses how the analysis of the urban network is necessary for establishing a socio-ecological sustainable and effective territorial management in the region.

Key Words: urban network; city typology; river Solimões-Amazonas; Amazonas; Brazil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiana Schor, Universidade Federal do Amazonas

Graduada em Economia, mestrado em Geografia (Geografia Humana) e doutorado em Ciencia Ambiental todos pela Universidade de São Paulo (2005) com pós-doutorado no Center for Place, Culture and Politics, Graduate Center, CUNY -USA.

Rogério Ribeiro MARINHO, Pesquisador NEPECAB

Graduação em Geografia pela Universidade Federal do Amazonas (2009) e mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2011). Tem experiência nas áreas de sensoriamento remoto, cartografia e geociências. Principais interesses: imagens de satélite, análise espacial e mudanças no uso e cobertura da terra.

Danielle Pereira da Costa, UEA/Manaus e SIPAM

graduação em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1999) e mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005). Atualmente é professora da Universidade do Estado do Amazonas - cedida à Presidência da Republica, lotada no Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM), pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas das Cidades na Amazônia Brasileira (NEPECAB) da Universidade Federal do Amazonas e doutoranda em Geografia Humana pela USP. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: sistema de informações geográficas, ordenamento territorial, geotecnologias, análise socioeconômica e crescimento urbano. E coordena o projeto IncluiGeo - Geotecnologias livres para conhecer, incluir e preservar e o grupo de trabalho em educação a distância do CENSIPAM.

José Aldemir de Oliveira, Universidade Federal do Amazonas, Departamento de Geografia

Doutor em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1994). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Amazonas. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana e Geografia da Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: amazônia, cidade de manaus, cidades amazônicas, cidade e sustentabilidade. A partir de 2003 passou a atuar na gestão de C&T, como Diretor-Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas período 2003-2005; Secretário de Ciência e Tecnologia do Estado do Amazonas de 2007 a 2009; Reitor da Universidade do Estado do Amazonas entre julho de 2010 a março de 2013. Lidera o Núcleo de Estudos e Pesquisas das Cidades na Amazônia Brasileira - NEPECAB e é professor dos cursos de Pós-Graduação Sociedade e Cultura no Amazonas e de Geografia na Universidade Federal do Amazonas.

Downloads

Publicado

2014-02-25