Música folk nos Estados Unidos: demarcações e definições de um gênero

Autores

  • Mariana Oliveira Arantes

DOI:

https://doi.org/10.14393/ArtC-V19n34-2017-1-02

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar de que forma pessoas relacionadas à atividade de coletar, consumir e propagar a chamada música folk dos Estados Unidos desenvolveram suas próprias concepções do que viria a ser o folk no país, pautados por suas visões de mundo e por sua vivência em contextos e períodos específicos da história nacional. Assim sendo, ele enfoca a variedade dos métodos de seleção e propagação de determinados repertórios musicais eleitos como a “legítima” música estadunidense ao longo do século XX.

Palavras-chave: Estados Unidos; música; folclore.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Oliveira Arantes

Doutora em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp-
Franca), onde realiza seu pós-doutoramento em História com bolsa da Fapesp. Autora
de Canto em marcha: música folk e direitos civis nos Estados Unidos (1945-1960). São
Paulo: Alameda, 2016.

Downloads

Publicado

2017-10-03

Como Citar

Arantes, M. O. (2017). Música folk nos Estados Unidos: demarcações e definições de um gênero. Artcultura, 19(34). https://doi.org/10.14393/ArtC-V19n34-2017-1-02

Edição

Seção

Dossiê: Música folclórica: entre o campo e a cidade