Gestão de crise: a atuação da assessoria de comunicação da Celtins durante a intervenção da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)

Autores

  • Joselita Damasceno Matos Universidade Federal de Goiás - Brasil
  • Poliana Macedo de Sousa Universidade Federal do Tocantins - Brasil https://orcid.org/0000-0002-4009-3884
  • Euclidia Dinormanda M. da S. Azevedo Universidade Católica de Brasília - Brasil

Palavras-chave:

Assessoria de Comunicação, Crise, Gestão de Crise, Celtins

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar as estratégias de Comunicação na Gestão de Crise, tendo como estudo de caso a empresa concessionária de energia elétrica no Estado, a Celtins. O referido estudo baseou-se em pesquisa bibliográfica, bem como entrevistas direcionadas para a Assessoria de Comunicação da empresa e para o consultor e jornalista João José Forni. Constata-se que a empresa pesquisada não possui um planejamento de Comunicação para Gestão de Crise, mesmo passando por sua pior crise desde a sua criação, e sua assessoria afirmando que a partir desta crise, a Celtins estará pronta para enfrentar outro momento crítico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joselita Damasceno Matos, Universidade Federal de Goiás - Brasil

Bacharel em Rádio e TV pela Universidade Federal de Goiás e especialista em Comunicação Pública pela POSEAD.

Poliana Macedo de Sousa, Universidade Federal do Tocantins - Brasil

Jornalista e Mestra em Ciências do Ambiente pela Universidade Federal do Tocantins.

Euclidia Dinormanda M. da S. Azevedo, Universidade Católica de Brasília - Brasil

Jornalista, Pós-graduada em Marketing político e Mestra em Comunicação pela Universidade Católica de Brasília.

Referências

BANDEIRA,Gabriela de Senna Pereira. Estratégia de Comunicação para crises de imagem nas organizações. Disponível em: <http://facom.ufba.br/portal/wp-content/uploads/2012/12/monografia-gabriela-bandeira-2006.1-orientador.claudiocardoso1.pdf>. Acesso em: 24 de junho de 2013.

BITTAR, Danielle Tristão. O poder da assessoria de comunicação nos momentos de crise. Disponível em: <http://bocc.ufp.pt/pt/pag/bittar-danielle-o-poder-da-assessoria-de-comunicação.pdf>. Acesso em 24 de junho de 2013.

CHAPARRO, Manuel Carlos. Cem anos de Assessoria de Imprensa. In: DUARTE, Jorge (Org.). Assessoria de Imprensa e Relacionamento com a Mídia: teoria e técnica. São Paulo: Atlas, 2008. p. 33-51.

FORNI, João José. Comunicação em tempo de crise. In: _______. Assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia: teoria e técnica. Jorge Duarte (org.) – 2ed, São Paulo: Atlas, 2003.

GOMES, Graça Melo. Gerenciamento de Crises. POSEAD – Educação a Distância. Brasília – DF, 2010.

MARTINEZ, Maria Regina Estevez. Implantando e Administrando uma Assessoria de Imprensa. In: DUARTE, Jorge (Org.). Assessoria de Imprensa e Relacionamento com a Mídia: teoria e técnica. São Paulo: Atlas, 2008. p. 217-235.

Entrevistas

DRUMOND, Zenilda. Entrevista concedida no dia 25 de fevereiro de 2014.

FORNI, João José. Entrevista concedida no dia 29 de julho de 2013.

Downloads

Publicado

2018-09-26

Como Citar

Matos, J. D., Sousa, P. M. de, & Azevedo, E. D. M. da S. (2018). Gestão de crise: a atuação da assessoria de comunicação da Celtins durante a intervenção da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Paradoxos, 1(1), 76–87. Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/paradoxos/article/view/41629