ESTUDO LONGITUDINAL DO IMPACTO ODONTOLÓGICO DA COVID-19 EM PACIENTES PEDIÁTRICOS COM DEFICIÊNCIA EM UM SERVIÇO DE REFERÊNCIA DO RIO DE JANEIRO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia2070821

Palavras-chave:

COVID-19, Pessoas com deficiência, Comportamento

Resumo

O objetivo desse estudo longitudinal retrospectivo foi avaliar se a interrupção dos atendimentos devido à COVID-19 impactou na saúde bucal e no comportamento de pacientes pediátricos com deficiência. Foram avaliados prontuários de todos os pacientes atendidos em um centro de referência durante 2022, sendo obtidas informações demográficas, odontológicas e comportamentais nos momentos inicial, pré e pós-pandemia. Foi realizada estatística descritiva e testes Qui-Quadrado, T de Student e Fisher. Foram incluídos prontuários de 71 pacientes, com média de idade de 7,24±4,16 anos, sendo 56,3% meninos e 78,9% com alterações neurocomportamentais. No pós-pandemia, 70,4% dos pacientes apresentaram alguma necessidade de tratamento, enquanto  57,7% na consulta inicial e 22,5% no pré-pandemia. O comportamento bom foi observado em 76,1% dos pacientes tanto pós-pandemia quanto na consulta inicial e em 84,5% no pré-pandemia. Dos 17 pacientes que tiveram comportamento ruim pós-pandemia, 12 nunca haviam se comportado dessa forma antes (p=0,02). A estabilização protetora foi estatisticamente mais utilizada pós do que pré-pandemia (p=0,01). Observou-se piora na saúde bucal e no comportamento dos pacientes pediátricos com deficiência em decorrência da COVID-19, retornando a condições similares às da primeira consulta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline dos Santos Letieri, Universidade Veiga de Almeida

Professora Auxiliar do curso de Graduação em Odontologia da Universidade Veiga de Almeida. Professora colaboradora dos cursos de especialização em Odontopediatria da Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic - unidade Rio de Janeiro. Doutora em Odontologia, área de concentração Odontopediatria (UFRJ, 2020); Mestre em Odontologia, área Odontopediatria (UFRJ, 2016), Especialista em Odontopediatria (UFRJ, 2022); Graduada em Odontologia (UFRJ, 2011). 

Marina Antonino Nunes Souza, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Cirurgiã-dentista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.Pós-graduanda em Gestão de Saúde Pública com Ênfase em Saúde da Família - Universidade Veiga de Almeida.

Vivian de Oliveira Marques, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-2021). Mestra em Odontologia - área de concentração Odontopediatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ - 2023) e Odontopediatra FO-UFRJ (2023). Atualmente aluna de especialização de Ortodontia do Instituto de Educação em Reabilitação Odontológica (INERO).

Gloria Fernanda Barbosa de Araújo Castro, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professora Associada do Departamento de Odontopediatria da FO, UFRJ, membro efetivo do Programa de Pós em Odontologia e vice-coordenadora da sub-área Odontopediatria, Coordenadora do Curso de Especialização em Odontopediatria e Coordenadora da Clínica de Pacientes Especiais, da Faculdade de Odontologia da Universidade federal do Rio de Janeiro; Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993), mestrado em Odontologia (Odontopediatria) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998) e doutorado em Odontologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002).

Referências

ALAMRI H. Oral Care for Children with Special Healthcare Needs in Dentistry: A Literature Review. Journal of Clinical Medicine, v. 11, n. 19, p. 5557, 2022. https://doi.org/10.3390/jcm11195557

ALLEGRETTO, M.J.; ROSA, T. C.; SANCAS, M. C.; GONÇALVES, A. F.; PRIMO, L. G.; PINTOR, A. V. B. Odontopediatria no contexto da COVID-19: publicações científicas e prática clínica. Revista de Odontopediatría Latinoamericana, v. 13, 2023. https://doi.org/10.47990/alop.v13i1.561

AMERICAN ACADEMY OF PEDIATRIC DENTISTRY. Protective stabilization for pediatric dental patients. Pediatr Dent, v. 40, 2017, p. 280-285.

BRASIL. Guia de Atenção à Saúde Bucal da Pessoa com Deficiência. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção Primária à Saúde, Brasília; 2019.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Presidência da República. Secretária-Geral, Subchefia para Assuntos Jurídicos, Brasília; 2015.

BRASIL. Portaria nº 454, de 20 de março de 2020. Ministério da Saúde, Gabinete do Ministro, Brasília; 2020.

CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA (CRO). Ofício ASJUR/CRO-RJ no 55, de 16 de março de 2020. Rio de Janeiro, 2020.

CRUZ-FIERRO, N.; BORGES-YÁÑEZ, A.; DUARTE, P. C.; CORDELL, G. A.; RODRIGUEZ-GARCIA, A. COVID-19: the impact on oral health care. Ciência & Saúde Coletiva, v. 27, p. 3005-3012, 2022. https://doi.org/10.1590/1413-81232022278.03522021

CUCINOTTA, D.; VANELLI, M. WHO declares COVID-19 a pandemic. Acta bio medica: Atenei parmensis, v. 91, n. 1, p. 157, 2020.

FELIPE, L. P.; SILVA, M. J. N.; VASCONCELOS, P. F.; LEITE, A. C. R. M.; MELO, E. S. J.; NOGUEIRA, M. R. N. Impactos da pandemia COVID-19 nos cuidados e na saúde bucal infantil na perspectiva dos pais. ver. Enferm. Atual In Derme, p. 1-14, 2022. https://doi.org/10.31011/reaid-2022-v.96-n.38-art.1375

FRANCO, J. B.; CAMARGO, A. R.; PERES, M. P. S. M. Cuidados Odontológicos na era do COVID-19: recomendações para procedimentos odontológicos e profissionais. Rev assoc paul cir dent, v. 74, n. 1, p. 18-21, 2020.

FRANKL, S. N.; SHIERE, F. R.; FOGELS, H. R. Should the parent remain with the child in the dental operatory? J. Dent. Child., v. 29, p. 150-163, 1962.

FUX-NOY, A.; MATTAR, L.; SHMUELI, A.; HALPERSON, E.; RAM, D.; MOSKOVITZ, M. Oral health care delivery for children during COVID-19 pandemic—a retrospective study. Frontiers in Public Health, v. 9, p. 637351, 2021. https://doi.org/10.3389/fpubh.2021.637351

GLASSMAN, P.; SUBAR, P. Planning dental treatment for people with special needs. Dental Clinics of North America, v. 53, n. 2, p. 195-205, 2009. https://doi.org/10.1016/j.cden.2008.12.010

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010: características gerais da população, religião e pessoas com deficiência. Rio de Janeiro: IBGE; 2010.

LYONS-COLEMAN, M.; O’SULLIVAN, E.; THOMPSON, W. The impact of COVID-19 on paediatric dental services and tips for patient management. Primary Dental Journal, v. 10, n. 4, p. 88-94, 2021. https://doi.org/10.1177/20501684211066526

MEJÀRE, I.; AXELSSON, S.; DAHLËN, G. A.; ESPELID, I.; NORLUND, A.; TRANÆUS, S.; TWETMAN, S. Caries risk assessment. A systematic review. Acta Odontologica Scandinavica, v. 72, n. 2, p. 81-91, 2014. https://doi.org/10.3109/00016357.2013.822548

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (OMS). Coronavirus disease 2019 (COVID-19). Situation Report 51, Geneva, Switzerland; 11 March, 2020.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (OMS). World report on disability 2011. WHO; 2011.

PATINI, R. Management of special needs patients in dentistry during the SARS-CoV-2 pandemic. Journal of International Oral Health, v. 12, n. 8, p. 53, 2020. https://doi.org/10.4103/jioh.jioh_221_20

SALES, S. C.; MEYFARTH, S.; SCARPARO, A. The clinical practice of Pediatric Dentistry post-COVID-19: The current evidences. Pediatric dental journal, v. 31, n. 1, p. 25-32, 2021. https://doi.org/10.1016/j.pdj.2021.01.002

SALLES, P. S.; TANNURE, P. N.; OLIVEIRA, C. A. G. D. R.; SOUZA, I. P. R.; PORTELA, M. B.; CASTRO, G. F. B. A. Dental needs and management of children with special health care needs according to type of disability. Journal of Dentistry for Children, v. 79, n. 3, p. 165-169, 2012.

SANTOS, L. P. D. S.; LIMA, A. M. F. D. S.; CHAVES, S. C. L.; VILELA, D. M. O. C.; VALENTE, A. P. P. C.; ROSSI, T. R. A. Política de Saúde Bucal no Brasil: transformações e rupturas entre 2018-2021. Ciência & Saúde Coletiva, v. 28, p. 1575-1587, 2023. https://doi.org/10.1590/1413-81232023285.14002022en

SILVA, K. A. B.; CAMARGO, T. A.; FREITAS, K. A. B. S.; TOSO, L. A. R.; GREGÓRIO, A. L.; GIULIANI, P. M. M. Custos de equipamentos de proteção individual na pandemia de COVID-19. Revista Remecs-Revista Multidisciplinar de Estudos Científicos em Saúde, p. 24-24, 2021.

TEWFIK, K.; PETA, C.; GIULI, M. C.; ROSSINI, M.; GIAMPAOLI, G.; COVELLI, C.; BURLINI, D. Impact of Covid-19 pandemic on children with special needs requiring general anaesthesia for the treatment of dental disease: the experience of the Brescia Children’s Hospital, Lombardy, Italy. European Archives of Paediatric Dentistry, v. 24, n. 1, p. 133-138, 2023. https://doi.org/10.1007/s40368-022-00770-2

TOWNSEND, J. A. Protective stabilization in the dental setting. Dental Care for Children with Special Needs: A Clinical Guide, p. 247-267, 2019. https://doi.org/10.1007/978-3-030-10483-2_11

TOWNSEND, J. A.; WELLS, M. H. Behavior guidance of the pediatric dental patient. Pediatric dentistry, p. 352-370, 2019. https://doi.org/10.1016/B978-0-323-60826-8.00024-9

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ). Boletim Extraordinário Número 13, de 1o de abril de 2020 - 3ª parte. Rio de Janeiro; 2020b. Disponível em: https://app.pr2.ufrj.br/public/uploads/repositories/13-2020-extraordinrio-3a-parte.pdf

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ). Nota sobre retorno de aulas presenciais. Reitoria; 2021. Disponível em: https://ufrj.br/2021/10/nota-sobre-retorno-de-aulas-presenciais/#:~:text=A%20Reitoria%20da%20UFRJ%20autorizou,partir%20de%20novembro%20de%202021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ). Portaria nº 2336, de 18 de março de 2020. Rio de Janeiro, Reitoria; 2020a.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ). Resolução nº 14, de 08 de outubro de 2020. Rio de Janeiro, Conselho Universitário; 2020c.

VON ELM, E.; ALTMAN, D. G.; EGGER, M.; POCOCK, S. J.; GØTZSCHE, P. C.; VANDENBROUCKE, J. P. The Strengthening the Reporting of Observational Studies in Epidemiology (STROBE) statement: guidelines for reporting observational studies. The Lancet, v. 370, n. 9596, p. 1453-1457, 2007. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(07)61602-X

YANG, J.; YANG, G.; JIN, R.; SONG, G.; YUAN, G. Changes in paediatric dental clinic after reopening during COVID-19 pandemic in Wuhan: a retrospective study. BMJ open, v. 12, n. 1, p. e048430, 2022. https://doi.org/10.1136/bmjopen-2020-048430

ZAITOUN, H.; KANDIAH, P.; YESUDIAN, G.; RODD, H. COVID-19: implications for paediatric dental general anaesthetic services. Faculty Dental Journal, v. 11, n. 3, p. 114-119, 2020. https://doi.org/10.1308/rcsfdj.2020.89

Downloads

Publicado

22-05-2024

Como Citar

LETIERI, A. dos S.; SOUZA, M. A. N.; MARQUES, V. . de O.; CASTRO, G. F. B. de A. ESTUDO LONGITUDINAL DO IMPACTO ODONTOLÓGICO DA COVID-19 EM PACIENTES PEDIÁTRICOS COM DEFICIÊNCIA EM UM SERVIÇO DE REFERÊNCIA DO RIO DE JANEIRO. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, Uberlândia, v. 20, p. e2048, 2024. DOI: 10.14393/Hygeia2070821. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/70821. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos