BENEFÍCIOS SOCIAIS E AMBIENTAIS DA USINA DE RECICLAGEM E COMPOSTAGEM NA CIDADE DE PRATA-MG

Autores

  • Anaísa Filmiano Andrade Lopes Universidade Federal de Uberlândia
  • Diogo Sá da Silva Pompeu Universidade Federal de Uberlândia

Palavras-chave:

Resíduos Sólidos, Catadores, Reciclagem, Compostagem, Meio Ambiente.

Resumo

As questões ambientais vêm assumindo posição de relevância frente à geopolítica mundial. Um dos temas mais debatidos relaciona-se a disposição final dos resíduos sólidos, problema crônico que afeta diretamente a sociedade contemporânea. Para minimização dos impactos ambientais, advindos da destinação, foram criados mecanismos de gestão e gerenciamento dos resíduos, um desses mecanismos é a criação das Usinas de Reciclagem e Compostagem (URC). Portanto, a presente pesquisa objetiva realizar um estudo de caso e analisar o funcionamento da Usina de Reciclagem e Compostagem na cidade de Prata-MG, juntamente com os benefícios sociais e ambientais advindos a partir de sua implantação. O método utilizado foi de natureza qualitativa e descritiva, os resultados alcançados são promissores, tanto em termos sociais quanto ambientais. A URC da cidade proporciona trabalho e renda para os catadores de materiais recicláveis e contribui para a qualidade ambiental, aumentando a vida útil dos materiais por meio da reciclagem e da compostagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBERTIN, Ricardo Massulo. Diagnóstico da Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos nos municípios da Bacia Hidrográfica do Rio do Índio

ATHAYDE, G. B. J. ; NOBREGA, C. C.; ONOFRE, F. L. Usina de Reciclagem para Resíduos Sólidos Domiciliares: estudo de caso da viabilidade econômica para bairros de classe média da cidade de João Pessoa-PB. II Simpósio Ibero-americano de Ingenieria de Resíduos, Barranquilla, Setembro, 2009.

BIDONE, F.R.A. Resíduos Sólidos Provenientes de Coletas Especiais: eliminação e valorização. 1ª Ed. Porto Alegre: ABES, 2001.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora, 1994. 335p.

BRAND

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente, Brasília, 2014. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/informma/item/10272-pol%C3%ADtica-de-res%C3%ADduos-s%C3%B3lidos-apresenta-resultados-em-4-anos>. Acesso em: 27 de novembro de 2014.

CAMPOS, L. M. et al. A reciclagem como empreendedorismo: fonte de transformação socioeconômica e ambiental. 2009. Disponível em: <http://www.faccamp.br/ojs/index.php/RMPE/article/download/47/37>. Acesso em: 29 mai. 2014

CASTRO, A. A. C. M.; JUNIOR, F.L. J.; LEITE, A.C. W; SCHALCH V.; Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos. São Carlos, 2002. Disponível em: http://www.deecc.ufc.br/Download/Gestao_de_Residuos_Solidos_PGTGA/Apostila_Gestao_e_Gerenciamento_de_RS_Schalch_et_al.pdf. Acesso em: 20 de fevereiro de 2014.

FEAM. Orientações Técnicas Para a Operação de Usina de Triagem e Compostagem do Lixo. Belo Horizonte: FEAM, 2005. 52p.

FEAM. Orientações Básicas Para Operação de Triagem e Compostagem do Lixo. Belo Horizonte, 2006. Disponível em: www.feam.br/images/stories/arquivos/usinas2/pdf. Acesso em: 23 set. 2013.

FERREIRA, C. J. As Transformações Socioespaciais da Cidade e do Município de Prata-MG. Uberlândia-MG, 2008.

GALBIATI, A. F. Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos e Reciclagem. 2005. Disponível em: www.amda.org.br/objeto/arquivos/97.pdf. Acesso em 20 de set. de 2013.

GIL, A.C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 2008.

IBGE. Cidades, 2010. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1>. Acesso em: 20 set. 2013.

N

KUHNEN, Ariane. Reciclando o cotidiano: representações sociais do lixo. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 1995.

O

RODRIGUES, Luiz Francisco; CAVINATTO, Vilma Maria. Lixo: de onde vem? Para

onde vai?. São Paulo: Moderna, 1997.

SOUZA, B. R.; ALC

TEN

UN, United Nations. World Urbanization Prospects: the 2014 revision. Department of Economic and Social Affairs, Population Division. New York, 2014. Acesso em: 20 nov. 2014. Disponível em: http://esa.un.org/unpd/wup/Highlights/WUP2014-Highlights.pdf

URCP, Usina de Reciclagem e Compostagem do Prata. Dados obtidos através da visita realizada na usina. Prata, 2013.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3 ed. Porto Alegre: Bookman,

Downloads

Publicado

2014-12-17

Como Citar

LOPES, A. F. A.; POMPEU, D. S. da S. BENEFÍCIOS SOCIAIS E AMBIENTAIS DA USINA DE RECICLAGEM E COMPOSTAGEM NA CIDADE DE PRATA-MG. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 10, n. 19, p. 74–85, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/28443. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos