"A verdade é essa... você se acostumando com a qualidade de vida ruim": Médicos cearenses e o trabalho em mutação

Autores

  • Telma Bessa Sales DCR/CNPQ/FUNCAP/UFC

Resumo

O artigo desenvolve uma reflexão acerca do trabalho de médicos cearenses no diálogo com as suas experiências a partir de narrativas que revelam diferentes formas de ser e viver, num campo de tensões e conflitos, ao desempenharem seu ofício de forma precarizada em instituições públicas e privadas. Esta precarização se revela não só por problemas materiais do próprio sistema, tais como falta de equipamentos de saúde, superlotação de unidades, alta demanda de consultas e atendimentos, baixa remuneração dos profissionais, mas também por outras dimensões que compõem a vida de seus profissionais, como elevada carga de trabalho os deslocamentos inter e intrarregionais, stresse devido ao ritmo de vida, multiemprego, ausência de lazer, etc. Por meio de pesquisas documentais e entrevistas, é possível perceber que a flexibilização e precarização do trabalho afetam os profissionais médicos, tornando-o um trabalhador assalariado que em suas trajetórias e itinerâncias sonham com bons salários e qualidade de vida.
PALAVRAS-CHAVE: Médicos. Narrativas. Lazer.

ABSTRACT: This article reflects on the work of physicians in Ceará. Their narratives reveal the different means of survival; a process informed by constant tensions and conflict as they attempt to exercise their profession in the private and public health care facilities. The precarious working conditions in the medical profession is not only due to the lack of material resources, such as, proper equipment, overcrowded health facilities, a mounting demand for medical services or the low wages received by medical professionals. Health service providers are also plagued by other issues, such as, long work hours, inter-regional travel, stress, and the need to hold down multiple jobs as well as the absence of leisure time. By combining documental research and interviews it is possible to understand how flexible work processes and precarious working conditions affect the work developed by physicians. Ultimately they were transformed into wage works that dream with one day receiving decent wages and a better quality of life.

KEYWORDS: Doctors. Narratives. Leisure

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-07-14

Como Citar

SALES, T. B. "A verdade é essa... você se acostumando com a qualidade de vida ruim": Médicos cearenses e o trabalho em mutação. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 23, n. 42, 2010. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19286. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Fontes Orais: Perspectivas de Investigação