Mulheres no cárcere: A estrutura do sistema prisional e a construção do gênero no Brasil

Autores

  • Luciana Rosar Fornazari Klanovicz Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO) Paraná http://orcid.org/0000-0001-6956-1306
  • Fernanda de Araújo Bugai Vara de Execuções Penais e Corregedoria de Presídios de Guarapuava/Programa de Pós Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário - Unicentro

DOI:

https://doi.org/10.14393/HeP-v31n59p80-97

Palavras-chave:

Gênero, Prisões, Brasil

Resumo

Neste artigo, buscamos pontuar as implicações de gênero do encarceramento feminino a partir da fala de quatro mulheres apenadas no interior do estado do Paraná, Brasil, considerando, para isso, a própria história do sistema prisional no país e a análise das prerrogativas jurídico-legais do ordenamento jurídico nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda de Araújo Bugai, Vara de Execuções Penais e Corregedoria de Presídios de Guarapuava/Programa de Pós Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário - Unicentro

Mestre em Desenvolvimento Comunitário - Unicentro

Downloads

Publicado

2019-06-24

Como Citar

KLANOVICZ, L. R. F.; BUGAI, F. de A. Mulheres no cárcere: A estrutura do sistema prisional e a construção do gênero no Brasil. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 31, n. 59, p. 80–97, 2019. DOI: 10.14393/HeP-v31n59p80-97. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/41632. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Documentos e abordagens