Socialismo e economia solidária no sindicalismo da CUT: Uma análise da concepção cutista a partir da influência de Paul Singer

Autores

  • João Guilherme de Souza Corrêa UNESPAR

Resumo

A ideia de que a Central Única dos Trabalhadores (CUT) é uma entidade que se organiza na perspectiva da construção de uma sociedade socialista é tema nunca retirado do estatuto da entidade até hoje. Esse artigo faz uma análise da noção de socialismo para a CUT contemporaneamente a partir do seu engajamento em atividades da chamada economia solidária, mostrando a influência das teses de Paul Singer nelas, e relacionando-a com a prática do seu sindicalismo cidadão. Esperamos mostrar os limites da estratégia política guiada por essa noção para a tão anunciada transformação social.


PALAVRAS-CHAVE: Central Única dos Trabalhadores. Socialismo. Economia Solidária.

ABSTRACT: The idea that the Central Única dos Trabalhadores (CUT) is an entity that is organized from the perspective of building a socialist society has been never removed from the entity's status until today. This article is an analysis of the contemporary concept of socialism for the CUT from its engagement in activities of so-called solidarity economy, showing the influence of Paul Singer thesis on them, and relating it to practice of citizen's trade unionism. We aim to show the limits of political strategy guided by this concept for social transformation as announced.

KEYWORDS: Central Única dos Trabalhadores. Socialism. Solidarity Economy.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Guilherme de Souza Corrêa, UNESPAR

Professor Adjunto de Sociologia da Educação da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Downloads

Publicado

2017-12-13

Como Citar

CORRÊA, J. G. de S. Socialismo e economia solidária no sindicalismo da CUT: Uma análise da concepção cutista a partir da influência de Paul Singer. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 30, n. 56, 2017. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/40741. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos