A representação imagética da justiça na imprensa anarquista brasileira

Autores

  • Alberto Gawryszewski Departamento de História da Universidade Estadual de Londrina (UEL)

DOI:

https://doi.org/10.14393/HeP-v31n58-2018-3

Resumo

O presente texto visa estudar como a imprensa anarquista brasileira desenhou a "justiça burguesa" em seus periódicos, no período 1890-1930. Para a compreensão das charges e caricaturas anarquistas, vai se adotar o conceito de charge ideológica, uma produção visual sem fronteiras, atemporal, agressiva e crítica, onde o riso não era sua essência.

PALAVRAS-CHAVE: Anarquismo. Imagem. Movimento Operário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberto Gawryszewski, Departamento de História da Universidade Estadual de Londrina (UEL)

 1990 - 1996 -  Doutorado  em História Econômica.          Universidade de São Paulo, USP, Sao Paulo, Brasil

1984 - 1988 - Mestrado  em História. Universidade Federal Fluminense, UFF, Niteroi, Brasil

2000 - 2004 -  Graduação  em Direito. UNOPAR

1978 - 1982 -  Graduação  em Bacharel Em História, UFF, Niteroi, Brasil

1978 - 1981 -  Graduação  em Licenciatura Em História, UFF, Niteroi, Brasil

Pós-doutorado 

2014 - 2015  Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3,  Paris, França. 

2011 - 2013   Universidade Federal Fluminense, UFF, Niteroi, Brasil

2002 - 2004   Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Rio De Janeiro, Brasil

Downloads

Publicado

2019-01-11

Como Citar

GAWRYSZEWSKI, A. A representação imagética da justiça na imprensa anarquista brasileira. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 31, n. 58, 2019. DOI: 10.14393/HeP-v31n58-2018-3. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/39157. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: História, Métodos e Narrativas