Patrimônios arquitetônicos em Teresina: combates pela memória (década de 1970)

Autores

  • Cláudia Cristina da Silva Fontineles

Resumo

O presente artigo analisa como a reforma realizada na praça Pedro II, durante a década de 1970, inspirou debates e embates acerca da necessidade de conservação/transformação de patrimônios públicos - em especial praças no centro de Teresina/PI - e das memórias que eles abrigam, indicando as tensões vivenciadas em relação aos "lugares de memória" e as disputas que elas possibilitaram ver, inclusive explicitando os dissensos em relação à administração do governador da época - até então aplaudido por seu caráter inovador e viabilizador da urbanização e da modernização do Piauí. Para tanto, foram utilizadas como fontes documentos oficiais, periódicos locais e narrativas memorialísticas, fundamentando-se, entre outros pensadores, em Pierre Nora, Michel Pollack, Ana Fani Carlos, Vítor de Oliveira Jorge e Diva Figueiredo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-08-02

Como Citar

FONTINELES, C. C. da S. Patrimônios arquitetônicos em Teresina: combates pela memória (década de 1970). Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 29, n. 54, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/35393. Acesso em: 9 dez. 2022.