Caminhos para a autodeclaração: a luta por reconhecimento de mulheres quilombolas de Santa Tereza do Matupiri, na fronteira Amazonas-Pará

Autores

  • Renan Albuquerque Rodrigues
  • João Marinho da Rocha
  • José Vicente de Souza Aguiar

Resumo

Nesse artigo Procurou-se refletir sobre a produção do conhecimento na e sobre a Amazônia, dentro de contextos referentes à autodeclaração identitária. Foram enfocadas comunidades negras do leste do Amazonas (município de Barreirinha/AM). Memórias de lutas de mulheres quilombolas foram descritas segundo articulação social que promoveu acesso a direitos de grupos étnicos quilombolas. Almejou-se destacar o papel de lideranças femininas no processo, sobretudo mulheres que estiveram à frente da Federação Quilombola de Barreirinha/ AM, e foram centrais na busca do reconhecimento do Matupiri/PA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-08-02

Como Citar

RODRIGUES, R. A.; ROCHA, J. M. da; AGUIAR, J. V. de S. Caminhos para a autodeclaração: a luta por reconhecimento de mulheres quilombolas de Santa Tereza do Matupiri, na fronteira Amazonas-Pará. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 29, n. 54, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/35389. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Memória, Arquivos e Direitos