O que ocorreu com os trabalhadores desligados da indústria de transformação da microrregião de Juiz de Fora Pós-abertura econômica?

Autores

  • Marco Antônio Silveira de Almeida Instituto Vianna Jr. (FGV) e Faculdade Machado Sobrinho

Resumo

Este artigo analisa o mercado de trabalho formal na microrregião de Juiz de Fora (MRJF) e descreve o perfil e a trajetória do trabalhador desligado da indústria de transformação dessa localidade. Busca responder quais foram as características dos trabalhadores que retornaram um ano após serem desligados de seus empregos e verifica-se e quantifica-se a possibilidade de retorno para a própria indústria ou da migração do trabalhador para outro setor. Os principais resultados obtidos indicam que os efeitos negativos das mudanças estruturais da década de 1990 foram verificados de forma mais intensa na microrregião de Juiz de Fora do que no estado de Minas Gerais e no Brasil. A queda do emprego industrial decorrente do ajustamento do mercado de trabalho a essas mudanças ocorreu de forma mais forte na MRJF, ocasionando modificações nas características do emprego e do trabalhador empregado e readmitido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Antônio Silveira de Almeida, Instituto Vianna Jr. (FGV) e Faculdade Machado Sobrinho

Doutor em Economia pela Universidade Federal Fluminense, economista da Universidade Federal de Juiz de Fora, professor do Instituto Vianna Jr. (FGV) e da Faculdade Machado Sobrinho.

Downloads

Publicado

2015-02-04

Como Citar

ALMEIDA, M. A. S. de. O que ocorreu com os trabalhadores desligados da indústria de transformação da microrregião de Juiz de Fora Pós-abertura econômica?. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 27, n. 51, 2015. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/28894. Acesso em: 10 dez. 2022.