NENO VASCO POR NENO VASCO: A ESCRITA CRONÍSTICA COMO ESCRITA DE SI NA BIOGRAFIA DE UM ANARQUISTA

Autores

  • Thiago Lemos Silva História/UFU

Resumo

Neste trabalho, trago à tona as crônicas de Neno Vasco que foram publicadas no livro Da porta da Europa e na imprensa anarquista e operária do Brasil e de Portugal. A partir de sua escrita cronística, pretendo levantar questões teóricas e conceituais sobre a forma como Neno constrói a si em sua trajetória individual e coletiva. Embora essa escrita fosse prioritariamente uma narrativa, utilizada para informar e debater com os leitores brasileiros e portugueses a respeito da luta cotidiana levada a cabo pelo movimento anarquista e operário em diferentes países da Europa, ela também possibilitou ao nosso biografado uma forma de escrita de si, o que permitiu encontrar uma chave para abrir não apenas a porta da história do movimento anarquista e operário no continente europeu, mas principalmente da sua história de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Lemos Silva, História/UFU

Graduado em História pelo Unipam (Centro Universitário de Patos de Minas) e Mestre em História pela UFU (Universidade Federal de Uberlândia).

Downloads

Publicado

2014-08-27

Como Citar

SILVA, T. L. NENO VASCO POR NENO VASCO: A ESCRITA CRONÍSTICA COMO ESCRITA DE SI NA BIOGRAFIA DE UM ANARQUISTA. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 27, n. 50, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/27505. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos