"TUDO ISSO É ANIMADOR": A CIDADE DE MONTES CLAROS PELA IMPRENSA, NO INÍCIO DO SÉCULO XX

Autores

  • Rejane Meireles do Amaral Rodrigues História/Unimontes

Resumo

Este artigo tem como pressuposto analisar as publicações dos jornais Montes Clarose Gazeta do Norte,cujas notícias tinham a pretensão de fazer de Montes Claros uma cidade moderna. Também ponderarei a respeito das ações que, de acordo com esses jornais, seriam necessárias para legitimar o projeto de cidade, a saber: a instalação dos correios e das comunicações, a construção das estradas de ferro e de rodagem e, principalmente, a denúncia de "hábitos tidos como atrasados". Como metodologia, procurei evidenciar a organização interna dos temas impressos nas páginas dos jornais e como estes apresentavam assuntos que relacionavam Montes Claros a uma cidade moderna. A partir desse debate, espero abranger a intervenção da imprensa nas práticas cotidianas dos moradores e o entendimento de cidade moderna divulgado pela imprensa naquela época.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rejane Meireles do Amaral Rodrigues, História/Unimontes

Doutora em História pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professora do Departamento de História da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), professora colaboradora do Programa de Pós- Graduação,Mestrado em História PPGH/Unimontes.

Downloads

Publicado

2014-08-27

Como Citar

RODRIGUES, R. M. do A. "TUDO ISSO É ANIMADOR": A CIDADE DE MONTES CLAROS PELA IMPRENSA, NO INÍCIO DO SÉCULO XX. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 27, n. 50, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/27502. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos