Conventos de fábricas. Reclusão, religiosidade e educação no cotidiano de operárias têxteis̶ Minas Gerais, final do século XIX

Autores

  • Júnia de Souza Lima

Resumo

Este artigo discute a materialização do imaginário religioso católico no cotidiano de algumas fábricas têxteis mineiras no final do século XIX, cujos conventos podem ser considerados a sua maior simbologia, tomando para análise a Companhia de Fiação e Tecidos Cedro e Cachoeira. Neste sentido, chama atenção para os aspectos educativos e formativos que essas instituições exerciam sobre as mulheres no cotidiano do trabalho fabril. Por fim, ressalta as relações entre patrões e operárias e o papel educativo que as fábricas, ao lado de outras instituições como a Igreja e a Família, exerceram sobre as mulheres, contribuindo para a formação de uma identidade feminina, atrelada à devoção, à abnegação, à dedicação, à maternidade e à família.
PALAVRAS CHAVE: Conventos de fábricas. Educação. Religiosidade.

ABSTRACT: This paper discusses the materialization of the catholic religious imaginary in the daily life of some textile mining plants in the late nineteenth century, whose convents can be considered its greater symbology, and for this purpose the Company of Textiles and Spinning Cedro e Cachoeira will be analyzed. In this sense, calls attention to the educational and training aspects that these institutions exercised over women in the daily factory work. Finally highlights the relations between employers and workers and the educational role that the factories, beside other institutions like the Church and the Family exerted on women, contributing to the formation of a female identity, linked to the devotion, selflessness, dedication, maternity and family.
KEYWORDS: Convents of factories. Education. Religiosity.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júnia de Souza Lima

Professora substituta do Centro Federal de Educação de Minas Gerais. Doutoranda do Programa de Pós- graduação em História da Universidade Federal de Minas Gerais. Membro do Núcleo de Estudos Memória, História e Espaços - NEMHE - CEFET/ MG

Downloads

Publicado

2014-03-08

Como Citar

LIMA, J. de S. Conventos de fábricas. Reclusão, religiosidade e educação no cotidiano de operárias têxteis̶ Minas Gerais, final do século XIX. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 26, n. 49, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/24995. Acesso em: 19 maio. 2022.