A ORGANIZAÇÃO REVOLUCIONÁRIA MARXISTA-POLÍTICA OPERÁRIA E A REVOLUÇÃO CUBANA NOS ANOS 1960

Autores

  • Jean Rodrigues Sales Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Resumo

A Organização Revolucionária Marxista-Política Operária foi um dos vários agrupamentos da chamada Nova Esquerda brasileira. Surgida em 1961, ela tinha como principais reivindicações a independência das organizações dos trabalhadores e a defesa do socialismo. Discuto neste artigo um aspecto pouco mencionado de sua trajetória: as possíveis influências das ideias cubanas no decorrer de sua história. Nesse aspecto, apesar do esforço de seus membros em estudar e compreender o movimento revolucionário cubano anteceder o ano de 1964, foi no período pós-golpe que a influência cubana apareceu fortemente em seus debates internos, no momento em que seus militantes discutiam caminhos e formas de atuação na luta contra a Ditadura Militar implantada no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Rodrigues Sales, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Professor da Graduação e pós-graduação em história da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro(UFRRJ). Doutor em história pela Universidade Estadual de Campinas(UNICAMP)

Downloads

Publicado

2013-08-16

Como Citar

SALES, J. R. A ORGANIZAÇÃO REVOLUCIONÁRIA MARXISTA-POLÍTICA OPERÁRIA E A REVOLUÇÃO CUBANA NOS ANOS 1960. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 26, n. 48, 2013. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/23309. Acesso em: 3 dez. 2022.