"Daí eu agarrei o mundo": experiências e trajetórias de trabalhadores "sem profissão definida" a partir do Oeste do Paraná (décadas de 1970 a 2000)

Autores

  • <i>Rinaldo<i> <i>José <i>Varussa<i> UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Resumo

este artigo visa acompanhar e interpretar trajetórias de trabalho de pessoas que, ao longo de suas vidas, pautaram-se pela busca de diferentes e diversas ocupações como forma de constituírem-se enquanto trabalhadores, levando-os a constantes mudanças de serviço e lugares de moradia. Nesta discussão, são valorizadas as perspectivas forjadas em relação ao trabalho e na organização das relações com outros trabalhadores e classes.

PALAVRAS-CHAVE: trajetórias ocupacionais; trabalhadores em ocupações diversas; história, memória e narrativas.

ABSTRACT: this article aims to follow and interpret routes of work of persons that during in their lives searched for different and various occupations as way constitution while workers, so they changed the jobs and housings constantly. In this discussion, the perspectives be done are valued in relation to work and in the organization of relationship with others workers and classes.

KEYWORDS: routes of works, workers in various occupations; History, memories and narratives.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

<i>Rinaldo<i> <i>José <i>Varussa<i>, UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Professor adjunto na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)

Downloads

Publicado

2010-12-15

Como Citar

<I>VARUSSA<I>, <i>Rinaldo<i> <i>José. "Daí eu agarrei o mundo": experiências e trajetórias de trabalhadores "sem profissão definida" a partir do Oeste do Paraná (décadas de 1970 a 2000). Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 23, n. 43, 2010. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19313. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Anos 80: trinta anos depois