A medicina da Bahia na Guerra do Paraguai

Autores

  • Osvaldo Silva Félix Júnior

Resumo

Entre 1864 e 1870, o Brasil esteve envolvido na Guerra do Paraguai. O conflito envolveu as principais províncias do Império, mobilizando um grande efetivo de homens para complementar os efetivos do Exército e da Marinha. A província da Bahia foi uma das mais exigidas, enviando para a guerra um efetivo superior a 17 mil homens. Entre os contingentes que seguiram, estavam alguns constituídos por médicos (civis e militares), professores catedráticos da Faculdade de Medicina da Bahia e estudantes de Medicina e Farmácia desta Faculdade. A mobilização desses profissionais foi diferenciada e muito importante para o apoio aos feridos da guerra. Este artigo busca mostrar as circunstancias que envolveram a mobilização e o envio desses homens para os hospitais de campanha do Exército e da Marinha.

PALAVRAS-CHAVE: Guerra do Paraguai. Medicina. Bahia.

ABSTRACT: The Brazil was implicated in the War of Paraguay between 1864 and 1870. The conflict involved the main provinces of the Brazilian Empire, mobilizing a great quantity of men to complement the contingent of the Army and of the Navy. The province of Bahia was one of the most required. This province sent more than 17 thousand men to the war. Some of the contingents that proceded to the conflict were constituted by doctors (civilian and military), professors of the Faculty of Medicine of Bahia and students of Medicine and Pharmacy of this Faculty. Those professionals' mobilization was differentiated and very important for the support for the dying people of the war. This article aims to be evidence for the circumstances that involved the mobilization and the sending of those men to the hospitals of the Army and the Navy.

KEYWORDS: War of Paraguay. Medicine. Bahia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-01-28

Como Citar

SILVA FÉLIX JÚNIOR, O. A medicina da Bahia na Guerra do Paraguai. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 22, n. 41, 2010. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19244. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos