Eu vivi fazendo aquilo que eu gosto - Proprietários rurais do distrito de Martinésia (Uberlândia - MG) vivenciando as transformações do campo

Autores

  • Renata Rastrelo e Silva

Resumo

Esse texto tem como objetivo discutir as modificações ocorridas na vida do homem do campo, a partir da década de 1970, mudanças essas que se deram nas atividades agrícola e pecuária e também nas formas de viver, trabalhar, se relacionar, nos sentidos e maneiras de vivenciar a terra e a relação com a natureza. Desse modo, analiso como os proprietários rurais do distrito de Martinésia (Uberlândia-MG) vivenciaram essas transformações.

PALAVRAS-CHAVE: Campo. Transformações. Martinésia.

ABSTRACT: These text aims to discuss the changes in the life of the man field, from the 1970s. These changes which have activities in the agricultural and livestock and also in ways to live, work, relate, in the senses and ways to experience the land and the relationship with nature. Thus, we analyze how the landowners in the district of Martinésia (Uberlândia-MG) experienced these changes.

KEYWORDS: Field. Transformations. Martinésia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-01-28

Como Citar

RASTRELO E SILVA, R. Eu vivi fazendo aquilo que eu gosto - Proprietários rurais do distrito de Martinésia (Uberlândia - MG) vivenciando as transformações do campo. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 22, n. 41, 2010. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19239. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: História, Memória e Natureza