A população indígena na historiografia de Mato Grosso do Sul: o caso do programa de pós-graduação em História da UFMS, campus de Dourados

Autores

  • Diogo da Silva Roiz UEMS/Amambai

Resumo

O objetivo deste artigo foi demonstrar a organização do programa de pós-graduação em História da UFMS de Dourados (atual UFGD), com ênfase na análise das dissertações sobre as comunidades indígenas, no período de 1999 a 2004. Analisa-se ainda o perfil social dos alunos do programa, e como as questões indígenas estavam sendo debatidas no curso.

PALAVRAS-CHAVE: Historiografia indígena. Mato Grosso do Sul. Mestrado em História UFMS.

ABSTRACT: The objective of this article was to demonstrate the organization of the program of MSc in History by the UFMS of Dourados (current UFGD), with emphasis in the analysis of the dissertations about the native peoples communities, in the period of 1999 to 2004. The social profile of the pupils of the program is analyzed, and as the native peoples questions were being debated in the course. KEYWORDS: UFMS.

KEYWORDS: Native Peoples Historiography. M. Grosso do Sul. MSc in History

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diogo da Silva Roiz, UEMS/Amambai

Doutorando em História pela UFPR, bolsista CNPq. Mestre em História pela Unesp, Campus de Franca. Professor do Departamento de História da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, na unidade de Amambai, em afastamento integral para estudos.

Downloads

Publicado

2010-12-15

Como Citar

ROIZ, D. da S. A população indígena na historiografia de Mato Grosso do Sul: o caso do programa de pós-graduação em História da UFMS, campus de Dourados. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 23, n. 43, 2010. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19231. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos