Entre a perdição de amor e a salvação escatológica: o estatuto dual do Amor em <i> Le Livre du Coeur d'Amour épris.

Autores

  • <i>Marcus <i>Baccega Universidade de São Paulo

Resumo

Este ensaio pretende perscrutar a dualidade da concepção de amor na Baixa Idade Média na novela de cavalaria alegórica Le Livre du Coeur d'Amour épris (1457), do nobre feudal francês René d'Anjou, duque de Anjou e Bar, senhor da Provença e rei de Nápoles e Jerusalém. Trata-se de uma investigação que procura definir a oscilação do amor entre a prática estilizada do amor cortês e a noção teologal do Amor de Deus e sua correlata economia da salvação. Este roman representa um documento histórico de meados do século XV, revelador da permanência da capilaridade do estamento nobre para agremiar os novos setores sociais urbanos e envolvê-los em seu ethos feudal

PALAVRAS-CHAVE: Amor. Santo Agostinho. Amor Cortês.

ABSTRACT: This essay aims at scruting the dual concept of Love in the Late Middle Ages in the allegorical chivalry novel Le Livre du Coeur d'Amour épris (1457), whose author was the French feudal lord René d'Anjou, the duke of Anjou and Bar, lord of Provence and king of Naples and Jerusalem. It is an investigation that endeavours to define the oscilation of Love between courtly love and the theological notion of God's Love e its correlative redemption economy. Such roman represents a historical document from the middle 15th century, revealing the permanence of the capacity of the noble state to gather the new urban social sectors e entail them inside its feudal ethos.

KEYWORDS: Love. Saint Augustin. Courtly Love.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

<i>Marcus <i>Baccega, Universidade de São Paulo

Doutorando no Programa de Pós-graduação em História Social da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Pesquisador na área de História Medieval, com ênfase no imaginário centro-medieval, focando-se sua atual linha de pesquisa nos mitos arturianos alemães de finais do século XIII. Opera com os conceitos da Escola dos Annales, sobretudo o imaginário, a par da noção de sistema social e semiologia.

Downloads

Publicado

2010-12-15

Como Citar

<I>BACCEGA, <i>Marcus. Entre a perdição de amor e a salvação escatológica: o estatuto dual do Amor em <i> Le Livre du Coeur d’Amour épris. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 23, n. 43, 2010. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19224. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos