Como (re)escrever a história do Brasil hoje?

Autores

  • Mateus Henrique de Faria Pereira

Resumo

Este texto procura pensar sobre as seguintes questões: o que é ou pode ser uma história nacional hoje? Em outras palavras, quais os limites da escrita de uma História do Brasil hoje?; e como algumas das escritas passadas sobre as experiências do tempo podem iluminar, no sentido de apresentar possibilidades perdidas, às escritas de hoje?. Para realizarmos tal experimento, escolhemos em cada item escalas de observação bem precisas: o texto O pensamento histórico nos últimos 50 anos, escrito, em 1951, por Sérgio Buarque de Holanda; cruzamentos entre Casa Grande & Senzala, de Gilberto Freyre, obra escrita em 1933, e a edição de 2001 de Culturas Híbridas, de Néstor Garcia Canclini; e, por fim, uma análise dos impactos do Giro Lingüístico na (re)escrita da história.

PALAVRAS-CHAVE: História da Historiografia. História do Brasil. Escrita da História.

ABSTRACT: This text aims to discuss the following subjects: what is or can be a national history today? In other words which are the limits of writing a History of Brazil today?; and how what was written on the experiences of the time can be highlighted, in the sense of presenting lost possibilities, to the writings of today?. To accomplish such experiment, we chose in each item scales of very necessary observation: the text O pensamento histórico nos últimos 50 anos, written, in 1951, by Sérgio Buarque de Holanda; crossings among The masters and the slaves, of Gilberto Freyre written in 1933, and the edition of 2001 of Hybrid Cultures, of Néstor Garcia Canclini; and, finally, an analysis of the impacts of the Linguistic Turn in the (re)writing of the history.

KEYWORDS: History of the Historiography. History of Brazil. Writing of the History.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-08-29

Como Citar

DE FARIA PEREIRA, M. H. Como (re)escrever a história do Brasil hoje?. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 1, n. 40, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19211. Acesso em: 20 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: História & Perspectivas