Historiografia: o sentido da escrita e a escrita do sentido

Autores

  • Estevão C. de Rezende Martins

Resumo

A historiografia não é um mistério, mas lida com enigmas. O termo historiografia recobre um binômio conceitual significativo que tem a ver com a produção e a fixação do conhecimento histórico presente acerca do acontecimento histórico passado. Um argumento em oito etapas indica as perspectivas da historiografia contemporânea: a história como disciplina de investigação metódica; o debate teórico referente à natureza da história; a variedade de tradições, abordagens e paradigmas na história; os métodos, procedimentos e técnicas; as respostas plausíveis, prováveis às questões postas; os conceitos e as redes de captura do passado; o cuidado redacional e estilístico da narrativa; a expectativa e as carências do tempo presente e a resposta historiográfica.

PALAVRAS-CHAVE: Historiografia. Sentido. Teoria da História. Escrita da história.

ABSTRACT: Historiography is not a mystery but handles with charades. The term historiography covers a significant conceptual binomial handling with the processes of producing and establishing present historical knowledge on past historical events. An argument in eight elements points out perspectives for the contemporary historiography: history as a methodical discipline; the theoretical debate on the nature of history; the multiplicity of traditions, points of view and paradigms; methods, procedures and techniques; plausible and probable responses to the questions asked; concepts and networks for grasping the past; stylistic and drafting care in the narrative construction; expectations and deficiencies in present times and the response of historiography

KEYWORDS: Historiography. Sense. Theory of History. Writing History.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-08-29

Como Citar

REZENDE MARTINS, E. C. de. Historiografia: o sentido da escrita e a escrita do sentido. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 1, n. 40, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19208. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: História & Perspectivas