Escritura & Memória na formação de mulheres entre 1870 e 1940

Autores

  • Vanessa Ribeiro Simon Cavalcanti

Resumo

A literatura e a história sempre se configuraram com áreas vinculadas e que apontavam as representações sociais de uma determinada época. Neste texto, pretende-se enveredar pelas nuances da literatura feminina brasileira do século XIX, mais especificamente o mundo literário criado pela autora Júlia Lopes de Almeida, representante da elite paulista, matizando o processo histórico referente à passagem de um século a outro. Enveredar pelos escritos e documentos, o imaginário, as ações, é trazer a lume a inserção das mulheres nas experiências cotidianas da passagem do século XIX para o XX, em suas representações. PALAVRAS-CHAVE: história, gênero, literatura, Brasil. ABSTRACT Based on the assumption that literature and history are related fields and recreate a given time, we focus on Brazilian feminine literature of the 19th Century, especially the literary universe created by Júlia Lopes de Almeida, who represents the São Paulo elite. In this regard we consider the historical process present in writings, documents, imaginary and actions to bring up women's role in the daily experiences in the turn of the century according to Júlia's representation. KEYWORDS: history, gender, literature, Brazil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-01-30

Como Citar

RIBEIRO SIMON CAVALCANTI, V. Escritura & Memória na formação de mulheres entre 1870 e 1940. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 1, n. 31, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19134. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Memória: abordagens, escritura