Os caminhos e o direito às escolhas de um grupo. A experiência de trabalho nas "funções de preto" na cidade de Uberlândia

Autores

  • Luiz Carlos do Carmo

Resumo


Este artigo aborda a presença de um grupo de homens negros trabalhando em postos específicos do mercado de trabalho formal da cidade de Uberlândia entre os anos de 1930 até por volta de 1970. A reflexão busca compreender qual o papel das atividades no universo de trabalho da época, e como um grupo de homens, com características físicas comuns, ocupara quase a totalidade dos postos dessas atividades e construíram uma dada forma de relação trabalhista.

PALAVRAS-CHAVE: Experiência de trabalho. Separação espacial. Memória.


ABSTRACT

This article approaches the presence of a group of black men who worked in specific positions of the formal labor market in the town of Uberlândia, between the 1930s and the early 1970s. In this reflection we try to comprehend what role these activities played in the working universe of the time, and how a group of men with similar physical characteristics were responsible for filling the majority of those positions, as well as creating a certain form of working relation.

KEYWORDS: Work experience. Geographical separation. Memory.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-02-03

Como Citar

CARMO, L. C. do. Os caminhos e o direito às escolhas de um grupo. A experiência de trabalho nas "funções de preto" na cidade de Uberlândia. Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 1, n. 3637, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/19112. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Cultura, cidade e trabalho