Pordeus, C. (2021) “O aterrorizante feminino: uma simbólica da mulher enquanto agente desviante ”, Téssera, p. 22–42. doi: 10.14393/TES-v0n0-2021-61011.