[1]
O. B. Amorim Filho, “A evolução do pensamento geográfico e a fenomenologia”, SN, vol. 11, nº 21/22, dez. 2014.