A LITERATURA E O COMUNISMO NA AMÉRICA LATINA: ALEJO CARPENTIER E JORGE AMADO.

Autores

  • Jaqueline Peixoto Vieira da Silva Eduardo Tollendal PIBIC/CNPq/UFU

Resumo

Esse trabalho propõe análises das representações do movimento comunista nas obras Écue-Yamba-Ó de Alejo Carpentier e Os Subterrâneos da Liberdade de Jorge Amado na década de 1930 em Cuba e no Brasil, respectivamente; em diálogos interdisciplinares entre a Literatura e a História.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jaqueline Peixoto Vieira da Silva Eduardo Tollendal, PIBIC/CNPq/UFU

Jaqueline Peixoto Vieira da Silva é graduanda em História pela Universidade Federal de Uberlândia e participou do projeto PIBIC/CNPq/UFU com orientação do professor Eduardo Tollendal do Instituto de Letras e Lingüística/UFU.

Downloads

Publicado

2008-10-08

Edição

Seção

Lingüística e Letras