História que os livros didáticos contam depois do PNLD: história da África e dos afro-brasileiros por intermédio dos editais de convocação do PNLD (2007-2011)

Autores

  • Míriam C. M. Garrido

Resumo

O Programa Nacional do Livro Didático tem alterado a produção didática no Brasil, porém, quais são os limites dessa renovação - no que circunscreve a Lei nº 10.639/03 - são reflexões que se apresentam nesse artigo. A fonte principal do texto são os Editais de Convocação do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e a potencialidade deles em incorporar os conteúdos reivindicados por militâncias negras. Com relação ao conteúdo histórico, meu recorte é o do pós-abolição, isso porque fugiria do tema mais consagrado - escravidão - e abarcaria possibilidades narrativas de protagonismo do negro livre. O esforço se justifica na tentativa de auxiliar pesquisadores e/ou docentes de História na compreensão da constituição da literatura didática, suporte essencial para a educação brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-08-02

Como Citar

GARRIDO, M. C. M. História que os livros didáticos contam depois do PNLD: história da África e dos afro-brasileiros por intermédio dos editais de convocação do PNLD (2007-2011). Revista História & Perspectivas, [S. l.], v. 29, n. 54, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/35396. Acesso em: 5 dez. 2022.