[1]
G. I. Martins, “CONSERVACÃO DA NATUREZA E FORMAÇÃO TERRITORIAL: CONJUNTURA POLÍTICA-HISTÓRICA E O CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO DE 1934”, RCG, vol. 15, nº 50, jun. 2014.