Paranhos, A. “Rap Nas Quebradas: A Palavra Como Esporro E Como Escarro”. Artcultura, vol. 17, nº 30, junho de 2016, https://seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/34818.