Observatorium: Revista Eletrônica de Geografia https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium <p>A <strong>Observatorium - Revista Eletrônica de Geografia</strong>, é um espaço democrático e plural criado pelo <strong>Programa de Educação Tutorial (PET) do Curso de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU)</strong> para que alunos de graduação, mestres, doutores e profissionais, desta ou de outras instituições, possam publicar suas pesquisas e/ou experiências na área de Geografia ou ciências afins. Essa Revista defende integralmente a ampliação da <strong>democracia, dos direitos humanos e da ciência. </strong></p> <p><strong>Defendemos o Brasil</strong> enquanto nação soberana e o povo brasileiro por meio do <strong>aperfeiçoamento integral de nossas instituições</strong> que garantam a plenitude democrática e o fazer científico para o bem de todo país.</p> <p>A Revista a partir de 2022 adotou o <strong>sistema de publicação continuada</strong>. Esse sistema de publicação permite que os trabalhos sejam publicados imediatamente após a avaliação.</p> pt-BR tuliobarbosa@ufu.br (Tulio Barbosa) tuliobarbosa@ufu.br (Tulio Barbosa) Mon, 10 Oct 2022 00:00:00 -0300 OJS 3.3.0.13 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Editorial em defesa da democracia https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67215 Tulio Barbosa Copyright (c) 2022 Tulio Barbosa https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67215 Sat, 08 Oct 2022 00:00:00 -0300 ESTADO NEOLIBERAL, EDUCAÇÃO E TRABALHO DOCENTE NO SÉCULO XXI https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/64411 <p>Neste ensaio os autores tecem considerações filosóficas relativas aos princípios neoliberais que norteiam a política do Estado capitalista e, consequentemente, as políticas educacionais que orientam a educação e o trabalho docente na modernidade. Utilizam o materialismo dialético para refletir sobre as particularidades decorrentes do modelo político-econômico neoliberal que incidem sobre a educação e o trabalho docente no interior do Estado brasileiro. Destacam a nova caracterização do Estado moderno, cuja política influencia a dinâmica da sociedade e das instituições em seu interior. A história nos mostra que a mundialização do capital demanda do Estado capitalista uma nova forma de se apresentar para o grande contingente de trabalhadores em nível mundial, difundindo seu conjunto de valores éticos. A educação se constitui, então, enquanto mercadoria e passa a ser reprodutora direta de mão de obra qualificada, visando à manutenção das demandas dos mercados consumidores, da mais-valia e de valores éticos perversos.</p> Valter Machado da Fonseca, Arthur Meucci Copyright (c) 2022 Valter Machado da Fonseca, Arthur Meucci https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/64411 Sat, 08 Oct 2022 00:00:00 -0300 DEGRADAÇÃO AMBIENTAL E EXCLUSÃO SOCIAL https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/64425 <p>Este trabalho tem por objeto de estudo a relação escola/ambiente urbano, na periferia da cidade de Uberaba (MG). Educação Ambiental e Exclusão Social são assumidas como um binômio, cujos termos não podem ser tratados separadamente. Neste contexto, analisa-se a prática da Educação Ambiental nas escolas da periferia, contextualizando os elementos que influenciam esta prática. Alimentação deficitária, condições precárias de higiene / ausência de saneamento básico, moradias em condições de risco, doenças, desemprego, que tipificam das periferias urbanas, incidem, diretamente e negativamente, sobre o processo de ensino-aprendizagem nas escolas das periferias pobres de Uberaba, Minas Gerais.</p> Valter Machado da Fonseca Copyright (c) 2022 Valter Machado da Fonseca https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/64425 Sat, 08 Oct 2022 00:00:00 -0300 UMA ANÁLISE DA ESPECIALIZAÇÃO PRODUTIVA EM FRUTICULTURA NO MUNICÍPIO DE JAÍBA-MG https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67220 <p>A cidade de Jaíba, localizada no norte do estado de Minas Gerais, possui um histórico econômico e social que através de incentivos e políticas de desenvolvimento especializou a cidade para a sua atual e principal atividade produtiva de fruticultura. Através de uma análise sob a vertente da Geografia Econômica, é possível avaliar a produção, o desenvolvimento, indicadores econômicos e sociais da cidade. Utilizando a metodologia de análise de dados, documental e bibliográfica, este trabalho demonstrou em seus resultados que a especialização produtiva em fruticultura promovida na região trouxe o desenvolvimento regional com destaque para o país, tipificando o mercado de trabalho e formação, as atividades de mercado, produção e econômicas, entretanto, enfrentando algumas dificuldades nos agentes que compõem o seu cenário produtivo.</p> Josyane Costa Goncalves Copyright (c) 2022 Josyane Costa Goncalves https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67220 Mon, 10 Oct 2022 00:00:00 -0300 UMA ABORDAGEM ACERCA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS E SOCIAIS DA SAÚDE BRASILEIRA E SEUS PROCESSOS DE CENTRALIZAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67216 <p>Esse trabalho visa contribuir para a compreensão de fatores importantes sobre a organização administrativa brasileira e suas <br>mudanças. Retrata sobre o Estado e seu modo de gerência das atividades, dando maior enfoque na administração descentralizada e seus percursos. Por fim, as políticas sociais são conceituadas, em especial a política pública de saúde, apresentando seu desenvolvimento histórico e sua evolução de administração centralizada para descentralizada</p> Lavínia Santos Gonçalves, Josyane Costa Gonçalves Copyright (c) 2022 Lavínia Santos Gonçalves, Josyane Costa Gonçalves https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67216 Sat, 08 Oct 2022 00:00:00 -0300 O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO DO CÓRREGO DA PRAINHA CUIABÁ, MT: https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/65562 <p>O processo de urbanização brasileiro se deu de forma rápida e intensa, não havendo qualquer preparação prévia para os problemas que logo surgiram após o aumento da população na área urbana, um deles foi o aumento da poluição dos recursos hídricos nas cidades e a questão da mobilidade urbana que na época era bem difícil, pois o caminho percorrido pelos operários para chegar à fábrica era longo e o percurso demorado. Desse modo, a solução encontrada foi a canalização dos recursos hídricos e posterior transformação dos córregos em avenidas, o que resultou em uma mudança da paisagem local, fazendo com que o modo de interagir das pessoas com os rios fosse alterado. Com o objetivo de minimizar os impactos da ação do homem sobre o meio ambiente foram criadas leis que visam ao equilíbrio ambiental de forma que garanta para toda a população uma sadia qualidade de vida. Assim, o presente trabalho teve como objetivo demonstrar o processo de urbanização do córrego da Prainha; para isso a metodologia escolhida foi a bibliográfica documental, que tornou possível a busca de informações sobre o processo de urbanização e a verificação da transformação da paisagem ao longo dos anos através de imagens fotográficas. Os resultados da pesquisa demonstraram que a urbanização do córrego da Prainha ocorreu do mesmo jeito que tantos outros espalhados pelo Brasil, ou seja, sua ocupação, iniciada ainda no séc. XVIII com a descoberta das minas de ouro, deu início ao processo de degradação do seu leito e poluição de suas águas, algo que só foi se agravando com o passar dos anos, até que em meados do séc. XX, visto como empecilho para o desenvolvimento de Cuiabá, é retificado de modo que escoasse de forma mais rápida o efluente lançado em seu canal. Posteriormente é canalizado e transformado em avenida após constatarem que estava localizado em uma área estratégica da cidade. No séc. XXI, onde o córrego passava está localizada uma das mais importantes avenidas da cidade sob o nome Av. Tenente Coronel Duarte, popularmente conhecida como avenida Prainha.</p> NILAYNE PEREIRA SOUZA, Giseli Dalla NORA Copyright (c) 2022 NILAYNE PEREIRA SOUZA, Giseli Dalla NORA https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/65562 Mon, 10 Oct 2022 00:00:00 -0300 PARA ALÉM DO ESPETÁCULO: https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67264 <p>Este artigo é parte da pesquisa de mestrado sobre as imagens do urbano no cinema, a Teoria Anticolonial e a Teoria Crítica da Escola de Frankfurt. O cinema anticolonial produzido na América Latina a partir de meados do século XX é composto por uma categoria de obras fílmicas que fazem parte das lutas revolucionárias contra a opressão do colonialismo presente especialmente naquele período através de uma onda de regimes autoritários em vários países latino-americanos. Fora desse processo de ditadura cultural, constituiu-se um cinema à margem na América Latina. O cinema anticolonial caracteriza-se como um cinema autêntico e de resistência configurando-se como um conjunto de obras contrárias, tanto ao espetáculo, quanto à indústria cultural.</p> Ludmila Pereira Alves Copyright (c) 2022 Ludmila Pereira Alves https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67264 Fri, 14 Oct 2022 00:00:00 -0300 PRESERVAÇÃO DA RELÍQUIA ECOLÓGICA DO CERRADO EM CAMPO MOURÃO: https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67790 <p>No quaternário antigo grande parte da vegetação do estado do Paraná era composta por campos limpos e cerrado. Porém, na atualidade, restam poucas áreas relictuais, cada vez mais reduzidas pela pressão agrícola e especulação imobiliária. Assim, com a intenção da preservação da relíquia ecológica do Cerrado em Campo Mourão, foi criada em 1993 a Estação Ecológica do Cerrado Prof.ª Diva Aparecida Camargo (EEC) que é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral e tem por objetivo básico preservar a natureza. Este estudo tem como objetivo registrar as ações realizadas na Estação com intuito de preservar esse patrimônio público tão importante da história vegetacional do município. Várias pesquisas foram desenvolvidas na EEC como levantamentos florísticos, levantamento de aves, análise de fitólitos, entre outros. Também, várias ações previstas no Plano de Manejo foram realizadas buscando a preservação de espécies típicas importantes para a manutenção da EEC, tais como a queima controlada, a retirada de espécies de lianas e árvores e limpeza do local. A execução das ações propostas no Plano de Manejo contribuiu para o melhor conhecimento e aperfeiçoamento das técnicas de manejo e conservação do Cerrado e, permite a manutenção da vegetação relictual presente no município.</p> Tatiane Monteiro Ré, Greta Aline Dettke, Marcelo Galeazzi Caxambu, Oséias Cardoso, Mauro Parolin Copyright (c) 2022 Tatiane Monteiro Ré, Greta Aline Dettke, Marcelo Galeazzi Caxambu, Oséias Cardoso, Mauro Parolin https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67790 Mon, 19 Dec 2022 00:00:00 -0300 UMA PERSPECTIVA ECONÔMICO-ECOLÓGICA DO CAPITALISMO https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67794 <p>A maneira como a natureza é vista pelo homem se modificou no decorrer da história da humanidade. O que antes poderia ser resumido como uma relação exclusiva para a subsistência de todos os seres vivos, hoje pode ser considerada como fonte de matéria prima para a exploração econômica. A principal motivação da escrita deste trabalho é reforçar a importância do papel da geografia neste debate, objetivando a análise das transformações da relação homem natureza e as contradições do ecocapitalismo através de referenciais teóricos de fontes secundárias.</p> Gabrielly Gonçalves Ferreira , Igor Henrique Rodrigues Pereira , Mateus Oliveira Silva Copyright (c) 2022 Gabrielly Gonçalves Ferreira , Igor Henrique Rodrigues Pereira , Mateus Oliveira Silva https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67794 Mon, 19 Dec 2022 00:00:00 -0300 A IMPORTÂNCIA DOS PEQUENOS AEROPORTOS PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL E ECONÔMICO REGIONAL https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67862 <p>O transporte aéreo é o meio de deslocamento de pessoas e produtos que mais se desenvolveu ao longo do século XX, permitindo superar grandes faixas de mares e oceanos, territórios inóspitos e relevos acidentados, encurtando o tempo de maneira tão extraordinário como foram as ferrovias no século XIX. Atualmente, o avião voa na mesma velocidade da economia global. Entretanto grande parte dos benefícios da aviação segue como objeto de debate entre os interesses público e o privado. Esse artigo propõe analisar e discutir a importância do transporte aéreo e da logística não apenas para a geração e concentração de lucros para as empresas privadas, mas como uma necessidade histórica de democratizar o acesso da população ao meio de transporte mais rápido e seguro, por meio de redes aéreas regionais capazes de promover a reativação de centenas de aeroportos situados em pequenas e médias cidades, impulsionando o desenvolvimento econômico e social por meio da cadeia de serviços oferecido por esse modal de transporte.</p> Wilson Alves dos Santos Junior, William Rodrigues Ferreira Copyright (c) 2022 Wilson Alves dos Santos Junior, William Rodrigues Ferreira https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://seer.ufu.br/index.php/Observatorium/article/view/67862 Fri, 06 Jan 2023 00:00:00 -0300